23 de Junho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Provão Paulista irá servir para ingresso em universidades públicas

Foto: Agência Brasil.
Postado em: 30/06/2023

Compartilhe esta notícia:

Avaliação da rede estadual será aplicada pela primeira vez em novembro. Serão 20 mil vagas destinadas aos estudantes

 

As informações são do Governo do Estado de São Paulo.

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo preparou mais uma novidade e oportunidade para os estudantes do ensino médio: o Provão Paulista. A nova avaliação poderá ser utilizada como entrada direta para 20 mil vagas nas principais universidades públicas de São Paulo, como Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (UNESP) e Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

 

 
"Esse é um momento histórico, pois não estamos apenas dando acesso ao ensino superior, estamos dando acesso às melhores universidades do país. A Educação de São Paulo se orgulha de liderar esse processo de inclusão", afirma o secretário da Educação, Renato Feder.
 
 
A prova será seriada e aplicada para os alunos de todas as séries do ensino médio, mas já neste ano, em novembro, os resultados do exame poderão ser usados para efeitos de ingresso dos estudantes da 3ª série do ensino médio.
 
 
Mais que o incentivo a entrada no ensino superior, a ação servirá diretamente como combate ao abandono e evasão do ensino médio. No próximo ano, será utilizada uma nota acumulada das provas feitas na segunda e terceira séries do ensino médio. A partir de 2025, serão consideradas as avaliações nas três séries.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Van capota e deixa pessoas feridas na rodovia Castello Branco

Cães e gatos serão castrados na próxima semana; 686 animais farão a cirurgia no 1º mutirão de 2020

Obras do BRT na Av. São Paulo vão alterar trânsito na próxima semana

Rússia anuncia primeira vacina contra a covid-19: " produto é ´eficaz´", diz Vladimir Putin

Polícia muda versão e diz ser falso documento da empresária que acusou banco de racismo

Adolescente de 17 anos é apreendido com mais de mil porções de drogas