21 de Julho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Procuradoria-Geral da República denuncia primeiro réu acusado de financiar atos de oito de janeiro

Foto: Agência Brasil.
Postado em: 15/12/2023

Compartilhe esta notícia:

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou nesta quinta-feira, em Brasília, o primeiro réu acusado de financiar os atos golpistas de 8 de janeiro. Segundo a PGR, o acusado – cujo nome não foi revelado - mora em Londrina, no Paraná, e pagou 59 mil reais pelo fretamento de quatro ônibus para transportar 108 pessoas para Brasília, além de ter participado da organização e recrutamento de golpistas.

 

Para o subprocurador Carlos Frederico Santos, por prestar auxílio material e moral ao grupo que invadiu e depredou as sedes dos Três Poderes, em Brasília, o acusado deve ser condenado por cinco crimes: associação criminosa armada, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado pela violência e grave ameaça e deterioração do patrimônio tombado. As penas somadas podem chegar a 30 anos de prisão.

 

A denúncia também aponta que mensagens encontradas no celular do acusado demonstram que ele incitou a tomada do Congresso Nacional e garantiu apoio para pagar as despesas de quem viajou para a capital federal. Desde os atos golpistas de 8 de janeiro, a PGR denunciou mil quatrocentos e treze investigados, sendo mil que atuaram como incitadores, 248 executores, oito agentes públicos e um financiador.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Propaganda do Planalto pede fim de isolamento, e Bolsonaro posta vídeo de carreata anticonfinamento

Casos de covid-19 batem recorde na França

Banco Central aprova 762 instituições para o Pix

Ômicron: 3ª dose da AstraZeneca aumenta em 2,7 vezes os anticorpos

Prefeitura regulamenta novo programa para quitação de débitos municipais

Zoo de Sorocaba participa de programação virtual de férias com outras 23 instituições brasileiras