23 de Fevereiro de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Após Merendagate, vereadores fiscalizarão processo licitatório de pasta municipal

Postado em: 10/09/2018

Compartilhe esta notícia:

A Câmara Municipal de Sorocaba aprovou requerimento de autoria da vereadora Iara Bernardi (PT) para a composição de uma Comissão Especial constituída de três vereadores para acompanhar o sistema de alimentação escolar do município. A parlamentar explicou, na tribuna, que essa comissão terá, entre suas atribuições, a tarefa de acompanhar o processo de licitação e escolha das novas empresas que assumirão o preparo e distribuição de merenda escolar.

“A Prefeitura e, em especial, a Secretaria de Abastecimento e Nutrição estão preparando uma nova licitação para a merenda escolar. Nossa comissão acompanhará todo o processo, para que nós não tenhamos a repetição dos problemas que tivemos com as empresas anteriores. O modelo que será implantado em 2019 nós não conhecemos ainda, se será mantido o atual ou mudará. O essencial é que não seja simplesmente feita uma prorrogação de contrato”, esclareceu a parlamentar.

No requerimento, a vereadora Iara pontua que o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito 001/2018, presidida por ela, concluiu que há indícios de fraudes na contratação da merenda escolar em Sorocaba a partir de 2016. Em 2015, a merenda foi tema de um inquérito policial e de uma sindicância interna na Prefeitura, para averiguar a conduta da “ERJ Administração e Restaurantes de Empresas”, responsável pela distribuição dos alimentos.

Iara Bernardi lembra também que, em 2012, o Sindicato dos Trabalhadores em Refeições de Sorocaba apurou a denúncia de merendeiras sobre o desabastecimento de produtos utilizados no preparo da comida servida nas unidades. Naquele ano, as merendeiras estariam utilizando o material disponível no estoque das cozinhas, sem seguir o cardápio pré-estabelecido pelas nutricionistas, comprometendo a qualidade das refeições.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ministério prevê pagamento do piso da enfermagem a partir de agosto

Laudo do IML aponta que dona de casa foi morta com 25 facadas

Haddad na JP Sorocaba: "país não pode tratar política como praça de guerra"; assista na íntegra

Audiência pública do transporte coletivo acontece nesta sexta-feira

Marinho Marte é eleito para mesa diretora da Câmara, em vaga deixada por Irineu Toledo

Lewandowski nega prazo maior para Anvisa decidir sobre Sputnik V