15 de Junho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeitura distribui “cordão de girassol” para atendimento prioritário de pessoas com deficiências não visíveis

Foto: SECOM
Postado em: 07/11/2023

Compartilhe esta notícia:

A partir desta segunda-feira (6), a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), passa a distribuir, gratuitamente, das 8h às 17h, na Policlínica Municipal de Especialidades “Edward Maluf”, o chamado “cordão de girassol” para atendimento prioritário de pessoas com deficiências não visíveis, seja em estabelecimentos públicos e privados, supermercados, bancos, farmácias, restaurantes, lojas em geral, além do transporte público, entre outros.

 

As informações são da Secretaria de Comunicação.

 

O “cordão de girassol” é uma faixa estampada com girassóis, que tem como objetivo identificar pessoas que tenham deficiências não visíveis, como o Transtorno do Espectro Autista (TEA), por exemplo.

 

A origem do item, do inglês sunflower lanyard, surgiu como iniciativa de funcionários do aeroporto de Gatwick, no Reino Unido, em 2016. Com o cordão, os funcionários de aeroportos passaram a notar quais passageiros demandavam de uma assistência prioritária e extra. Após isso, um projeto intitulado ‘Inclusão em Ação’ começou a importar esses cordões e, posteriormente, a produzi-los. Atualmente, o dispositivo segue sendo cada vez mais difundido no mundo todo.

 

Uma dessas importantes ações de abordagem do tema é a Lei nº 12.793, de 5 de maio de 2023, de autoria do vereador Cristiano Passos, que assegura os direitos à atenção especial necessária e ao atendimento prioritário, fazendo uso do “cordão de girassol”, em conjunto com a apresentação de documento comprobatório da deficiência não visível.

 

A retirada pode ser feita mediante apresentação de documento de identificação com foto e relatório médico, com Classificação Internacional de Doenças (CID), comprovando o diagnóstico da deficiência não visível. Caso ainda não possua o laudo médico, é necessário comparecer à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, para que o caso seja devidamente avaliado e, se indicado, será realizado o encaminhamento para o especialista.

 

“Essa é mais uma ação de grande importância para a população de Sorocaba, em especial para pessoas portadoras de doenças não visíveis e seus familiares. Estamos dando continuidade a essa iniciativa fundamental do Poder Legislativo. Parabéns ao vereador Cristiano Passos pela enorme atenção dada a essa causa”, disse o prefeito Rodrigo Manga.

 

“Sorocaba nunca proporcionou tantos benefícios a esse grupo e moradores, como na atual Administração. Além da distribuição dos cordões, também contamos com parcerias inéditas de atendimento para o Transtorno do Espectro Autista com serviço multidisciplinar, dando toda assistência necessária a esse público”, destaca o secretário da Saúde, Dr. Cláudio Pompeo.

 

A Policlínica Municipal de Especialidades “Edward Maluf” fica localizada na Avenida Roberto Simonsen, s/n, no Jardim Santa Rosália. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3219-2217.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vacina da Moderna tem 94,5% de proteção contra Covid-19, diz estudo

Doria diz querer Alckmin no PSDB, e ex-governador admite opção Lula

VÍDEO - Mãe esconde maconha em chinelo para entregar a filho preso em penitenciária

Campanha “A Fome não é Fake!” entrega 150 cestas básicas no Cajuru

Lula tem 52% dos votos válidos e poderia vencer no 1º turno, mostra nova pesquisa Datafolha

Pré-candidato a vereador é morto a tiros depois de live em Minas Gerais