12 de Abril de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Congresso dos EUA aprova a proibição do Tik Tok em todo o país.

Foto: Divulgação
Postado em: 13/03/2024

Compartilhe esta notícia:

Em votação que ocorreu nesta quarta-feira (13), o Congresso Norte-Americano aprovou a proibição do uso do Tik Tok no país.

 

Ao todo, foram 352 votos favoráveis ao banimento da plataforma contra 65 votos contrários, sendo que 50 votos foram de membros do partido democratas (partido de Joe Biden atual presidente dos Estados Unidos) e 15 votos de republicanos (que são do partido de Donald Trump).

 

Segundo o projeto de lei, o Tik tok seria banido das lojas virtuais de aplicativos em todo o território norte-americano, a menos que a plataforma se separasse da empresa controladora chinesa ByteDance.

 

Os deputados que votaram favoráveis ao projeto alegam que o governo chinês poderia se utilizar de leis de inteligência para forçar a plataforma a entregar dados de usuários do país sem qualquer autorização dos cidadãos norte-americanos.

 

O projeto polêmico já causou diversas manifestações políticas contrárias, como a do ex-presidente e atual candidato do Partido Republicanos, Donald Trump, que alegou um favorecimento à plataforma Facebook com o banimento do aplicativo Tik Tok em todo o país em meio a uma campanha eleitoral.

 

O Ministério de Relações Exteriores da China reagiu a votação como “um ato de bullying”.

 

O projeto, agora, segue para o Senado norte-americano, ainda sem prazo para entrar em pauta e votação.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Frente fria promete deixar temperaturas abaixo de 10ºC em São Paulo

Na Bahia, homem que agrediu mulher com socos no rosto é identificado e está foragido

Polícia Civil prende cinco pessoas envolvidas em sequestro em Sorocaba

Bolsonaro critica Pacheco por rejeitar pedido de impeachment de Moraes e compara caso com o de CPI

Bandido que consta em lista de mais procurados do Brasil é preso em Votorantim

Sorocaba cresce 15 vezes em geração de empregos no acumulado até novembro de 2021