23 de Abril de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

CMDM realiza reunião para articular novas ações em prol das mulheres em Sorocaba

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 24/01/2023

Compartilhe esta notícia:

A diretoria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) realizou, na última quinta-feira (19), no auditório da Secretaria da Cidadania (Secid), uma reunião com as novas integrantes eleitas em dezembro de 2022.

 

 

Durante o encontro, o grupo deliberou a agenda das novas ações, assim como projetos que serão apresentados para dar apoio à viabilização de serviços municipais. “A reunião é um passo importante de uma caminhada que trilharemos nos próximos dois anos. Já estamos organizando todas as ideias para colocarmos em prática as ações, fazendo com que sejam o mais produtivas possível para todas as mulheres. O grupo de conselheiras demonstrou disposição e confiança em fazer parte dessa iniciativa tão relevante para o município”, declarou a presidente do CMDM, Kellen Ferraz.

 

 

O conselho está articulando, por exemplo, uma iniciativa em parceria com a Universidade do Trabalhador, Empreendedor e Negócios (Uniten), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur), para inclusão do público-alvo feminino em cursos de empreendedorismo, um passo importante para auxiliar na independência financeira das mulheres, com previsão de início já neste mês de março. Além disso, o Dia Internacional da Mulher será enaltecido pelo CMDM, com uma série de ações a serem divulgadas, logo mais.

 

 

As representantes do Conselho compõem segmentos que atendem a diversos cenários de interesse do público feminino, como: Igualdade Racial, Movimento Sindical, Organização da Sociedade Civil, Movimento de Mulheres, Mulheres Atuantes, Diversidade Sexual, Segmento pessoa com deficiência e Segmento terceira idade. “Esse é um órgão consultivo, deliberativo e fiscalizador, tendo como essência garantir a participação democrática da população na formulação de propostas para políticas públicas, programas, projetos e ações, visando à garantia de direitos constitucionais”, explicou a Coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Ana Lúcia de Paula.

 

 

A ocasião igualmente permitiu que a nova diretoria do CMDM alinhasse os principais objetivos dessas ações, que incluem a inserção ou recolocação da mulher no mercado de trabalho, ressaltar o empreendedorismo feminino, promover melhorias na área de segurança e da rede de proteção, além de incentivar as iniciativas ligadas à cultura e à educação para as mulheres.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em meio à pandemia, Conmebol confirma Copa América no Brasil e agradece a Bolsonaro

1ª Expo CIEE Sorocaba reuniu cerca de 4,5 mil pessoas

Lula critica manifestos suprapartidários e diz não ter idade para ser `Maria vai com as outras´

Estados Unidos devem proibir viajantes do Brasil por causa de pandemia

Bolsonaro define idades mínimas de 62 e 65 anos na Previdência

Cheiro de fruta exótica assusta alunos e faz universidade evacuar biblioteca na Austrália