Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Campanha para atualizar carteira de vacinação é prorrogada em Votorantim

Foto: divulgação
Postado em: 05/11/2021

Compartilhe esta notícia:

A Campanha de Multivacinação para crianças e adolescentes com até 14 anos completos foi prorrogada até 30 de novembro. A ação é realizada entre segunda e sexta-feira, das 8h às 16h, em 15 unidades de saúde de Votorantim.

 

Iniciada em 1º de outubro, a campanha seria encerrada no dia 30 do mesmo mês. A prorrogação foi determinada pelo Ministério da Saúde para que mais crianças e adolescentes tenham a caderneta de vacinação atualizada.

 

A Secretaria de Saúde de Votorantim registrou o comparecimento de 2.517 pessoas com até 14 anos de idade durante a Campanha Nacional de Multivacinação. Desse total, 1.572 (62%) tiveram de tomar alguma dose dos 16 tipos de vacinas existentes para proteger contra cerca de 20 doenças. 



Os pais ou responsáveis devem levar as crianças ou jovens às unidades de saúde com carteira de vacinação em mãos. O profissional fará uma avaliação de quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço.



O objetivo é melhorar as coberturas vacinais. No total, serão oferecidos 16 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças.



Em situações de perda da caderneta de vacinação, a recomendação é de que os pais ou responsáveis compareçam ao mesmo posto de saúde onde vacinaram as crianças anteriormente. Dessa forma, será possível consultar quais doses já foram aplicadas na ficha de registro arquivada na unidade.



Para adolescentes entre 12 e 15 anos, que estão também sendo imunizados contra o coronavírus, não será necessário intercalar as vacinas. Será possível recebê-las concomitantemente.



Vacinas e doenças preveníveis com imunização durante a campanha:



VACINA DTP E PENTAVALENTE

Difteria: doença respiratória aguda causada pela toxina de uma bactéria que se localiza na garganta.

Tétano: doença aguda do sistema nervoso causada por uma bactéria, adquirida através da contaminação de ferimentos (mesmo pequenos) com os esporos da bactéria que são encontrados no ambiente.

Coqueluche: doença infecciosa aguda causada por uma bactéria de rápida proliferação. Ao penetrar no organismo, essa bactéria lesa os tecidos da mucosa do aparelho respiratório.

VACINA BCG

Tuberculose: causada por uma bactéria que pode se manifestar de forma disseminada (tuberculose miliar) ou na forma de uma infecção respiratória (tuberculose pulmonar). A Tuberculose é especialmente perigosa nos primeiros meses de vida do bebê.

VACINA CONTRA PÓLIO – oral (VOP) ou injetável (VIP)

Poliomielite: É uma doença causada por um enterovírus que envolve o trato gastrintestinal e o sistema nervoso.

VACINA TRÍPLICE VIRAL E SCRV

Sarampo: doença de transmissão respiratória, caracteriza-se por febre alta, tosse seca, coriza, vermelhidão e lacrimejamento ocular e erupção cutânea (de evolução da cabeça para o restante do corpo) que duram aproximadamente uma semana. É particularmente grave em crianças menores de 5 anos, podendo ocorrer diarreia, otite, pneumonia, encefalite, convulsões e morte.

Caxumba: doença que causa febre, dor-de-cabeça, dor muscular e edema (inchaço) da glândula parótida e dos gânglios linfáticos sub-mandibulares.

Rubéola: Caracteriza-se por febre, erupção cutânea e aumento dos gânglios do corpo durando de 2 a 3 dias.

VACINA CONTRA HEPATITE A

Hepatite A: é o tipo mais frequente de hepatite no Brasil. É causada por um vírus que afeta o fígado, produzindo sua inflamação e prejudicando o seu funcionamento.

VACINA CONTRA HEPATITE B

Hepatite B: doença grave causada pelo vírus da Hepatite B, que ataca o fígado e pode se manifestar de forma aguda ou crônica.

VACINA CONTRA VARICELA E SCRV

Varicela: conhecida como catapora, caracteriza-se por uma erupção cutânea pápulo-vesicular associada à grande coceira, normalmente em tronco e face.

VACINA CONTRA FEBRE AMARELA

Febre Amarela: doença febril que pode causar um funcionamento inadequado de órgãos vitais como fígado e rins. Em São Paulo, o tipo circulante é o silvestre, transmitida pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes.

VACINA CONTRA HPV

HPV: infecção que causa verrugas em diversas partes do corpo, pode causar câncer de colo de útero em mulheres e verrugas nos órgãos genitais de homens. O principal meio de transmissão do HPV é através de contato sexual com pessoas infectadas.

VACINA CONTRA ROTAVÍRUS HUMANO G1P1

Rotavírus: gastroenterite que provoca diarreia e vômito, causada pela infecção por Rotavírus.

MENINGO C

Doença Meningocócica: uma infecção causada por uma bactéria que pode causar meningite (infecção do cérebro e da medula espinhal) e septicemia (infecção da corrente sanguínea).

MENINGO ACWY

Meningite tipos A, C, W e Y: Inflamação das membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. Os sintomas incluem dor de cabeça, febre e torcicolo.

PNEUMO 10 VALENTE

Pneumonia: infecção que se instala nos pulmões, órgãos duplos localizados um de cada lado da caixa torácica.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Concurso da Educação publica gabarito de Diretor e resultados de PEB II nesta terça

Votorantim registra mais 27 casos de covid-19

Criminoso tenta roubar bicicleta de PM e é preso em flagrante na Zona Leste

Psiquiatra Ronaldo Laranjeira se posiciona contra PL que libera cultivo de cannabis no Brasil

Sorocaba totaliza 19.993 casos e 41 internados de covid-19

Adolescente que aterrorizou Sesi após mensagens é liberado: ‘foi um protesto’