15 de Junho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Aplicativo do governo vai agilizar bloqueio de celular roubado

Foto: Agência Brasil.
Postado em: 19/12/2023

Compartilhe esta notícia:

O governo federal vai lançar, nesta terça-feira (19), o aplicativo Celular Seguro, que permitirá o bloqueio imediato de linhas telefônicas e do próprio aparelho de telefone móvel em casos de roubo e furto.

 

As informações são da Agência Brasil.

 

Para utilizar o aplicativo, a pessoa deverá cadastrar os dados em uma página na internet a ser divulgada pelo governo federal. “Caso você seja roubado, é só acionar o sistema por um computador que operadora telefônica e bancos são notificados no mesmo instante, bloqueando acessos”, explicou o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, em postagem nas redes sociais.

 

“Uma medida importante para diminuir a dor de cabeça e as perdas financeiras de quem passa por furto ou roubo. Amanhã já estará disponível nas lojas de aplicativos”, completou o ministro.

 

A nova plataforma foi desenhada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De acordo com o secretário-executivo da pasta, Ricardo Cappelli, os celulares roubados serão transformados “num pedaço de metal inútil” após o bloqueio.

 

“Com apenas um clique, a vítima enviará um aviso simultaneamente para a Anatel, para os bancos, para as operadoras de telefonia e para os demais aplicativos”, anunciou.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara de Sorocaba suspende sessões por tempo indeterminado em virtude do coronavírus

Bolsonaro comemora chuva e diz que irá baixar bandeira da conta de luz de novembro

Bolsonaro ficará internado para tratamento clínico, informa hospital, sem confirmar previsão de cirurgia

Urbes libera uso do Cartão Estudante nos dias de provas do Enem 2022

Homem que usava barco para fazer transporte de drogas é preso pela PM

Preservar economia não significa sair do isolamento, diz ministro Paulo Guedes