20 de Julho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

VÍDEO - Coligação de Manga é denunciada por suposta prática de boca de urna

Foto: reprodução
Postado em: 21/11/2020

Compartilhe esta notícia:

A Justiça Eleitoral encaminhou à Polícia Federal um pedido de abertura de inquérito policial para apurar suposto crime eleitoral cometido pela coligação “A mudança vai começar”, do candidato a prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga (Republicanos). 


A denúncia foi feita pela coligação “Sorocaba, força e união para crescer”, da candidata Jaqueline Coutinho (PSL). O juiz eleitoral Emeson Tadeu Pires de Camargo, em seu despacho, determinou com urgência que a Polícia Federal seja oficiada da instauração de inquérito policial para a apuração dos fatos e também pediu manifestação do Ministério Publico Eleitoral e que seja encaminhada cópia dos autos aos demais Juízes Eleitorais de Sorocaba para conhecimento do caso.


Segundo os autos, em um vídeo (assista abaixo) - que por sinal viralizou em aplicativos de mensagem -, Manga e uma correligionária aparecem e supostamente arregimentam apoiadores para que façam boca de urna no domingo (29), dia do segundo turno das eleições municipais deste ano.


Segundo o documento, Manga relata, durante reunião, aos seus apoiadores: "Ah tá, outra coisa... Outra coisa... Você tem pessoas que trabalhou para você. E essas pessoas podem nos ajudar na reta final... Vai ter uma ajuda de custo, lógico! Você vai passar para seus líderes aqui, tudo bem?.. Vamos fazer uma grande equipe de rua nessa reta final, tá bom!.. Eu quero ´pegar´ pessoas ´suas´... Priorizar aqueles que são seus... Então gente... Eu quero aqui pedir para vocês... Esse apoio...(...)”.


Após a fala do candidato, a correligionária aparece na sequência e diz: "“Pessoal, é, no dia 29, nós queremos o máximo de fiscal possível nas escolas ´fiscalizando´, dando aquele abraço na pessoa que você conhece, falando pra não esquecer que é “10”, disfarçadamente, entendeu? Então, assim oh... Eu gostaria que você mandasse pro seu líder de partido, por gentileza, o nome da escola que você mais conhece pessoas. [...] A ideia é você estar na escola que conhece mais gente, ok? Então, você vai mandar para seu líder de partido qual escola que você conhece mais gente, pra gente conseguir organizar a questão dos fiscais no dia da eleição, beleza, combinado?”.
 

Manga volta a pegar o microfone e finaliza: " “pessoal essa de fiscal é importante porque você vai encontrando com as
pessoas lá, né? (...)". 

 

Conforme nota da coligação de Manga, "mais uma vez, a exemplo do primeiro turno, a coligação da candidata Jaqueline Coutinho ingressa com mais uma ação sem fundamento legal, cujo único objetivo é criar fatos jornalísticos que produzam algum efeito eleitoral".


Segundo o candidato, "o vídeo em que o candidato Rodrigo Manga é atacado foi editado e as falas retiradas do seu contexto original. Fato que será facilmente comprovado em momento oportuno.


“Vejo com muita tranquilidade todos esses acontecimentos, pois lideramos todas as pesquisas e essa forma de fazer política já era esperada por alguém que não tem outra alternativa senão me atacar”, afirma Rodrigo Manga."

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsa Família volta a ter fila de espera e corre risco de encolher

Prefeito Rodrigo Manga passa a integrar Diretório Nacional do Republicanos

Bolsonaro: Guedes pode discutir nova CPMF se diminuir outros impostos

Presidente da Câmara de Araçoiaba da Serra com covid-19 é intubada

Estão esticando a corda, faço qualquer coisa pelo meu povo, diz Bolsonaro em aglomeração no Alvorada

Prefeitura abre vagas remanescentes para Programas de Residência Multiprofissional em Saúde