Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Rejeitado projeto que obriga vice assumir imediatamente na ausência do prefeito

Postado em: 04/12/2018

Compartilhe esta notícia:

Cida Muniz

O projeto do vereador Francisco França (PT) que determinava que quando o prefeito ficasse fora da cidade por vinte quatro horas, o vice deveria assumir imediatamente, foi rejeitado, durante sessão na Câmara de Vereadores, em primeira discussão, nesta terça-feira (4). O projeto, como é uma emenda à Lei Orgânica, precisa de dois terços para ser aprovado e não atingiu a esse número.

O projeto ainda será apreciado em segunda discussão e o petista informou à reportagem, que pretende apresentar uma emenda ou um substitutivo alterando o período para 48 horas ou mesmo 72 horas.

França acredita que com essa mudança, o projeto tem chance de ser aprovado, pois alguns vereadores que votaram contra disseram que seriam favoráveis se o prazo fosse maior.

A ideia de França apresentar esse projeto ocorreu, após o prefeito José Crespo (DEM) viajar para fora do país por 12 dias e não ter passado o cargo para a vice-prefeita Jaqueline Coutinho.

Por outro lado, quando Crespo viajou para o Rio de Janeiro por um dia, passou o cargo para o presidente da Câmara, Rodrigo Manga (DEM), já que a vice estava afastada em razão de à época ser candidata a deputada estadual.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura e Centro Universitário Facens estudam criar “Parque Inteligente” para Sorocaba

TSE decide buscar mais provas contra Bolsonaro em ação eleitoral

Vereadores entregam relatório com reclamações sobre a saúde ao governador

TSE vai investigar se houve abuso de poder em ato do 7 de Setembro

Criminosos que foram mortos durante roubo tinham passagens por tráfico

Reitor do ITA é o mais cotado para ser 4º ministro da Educação de Bolsonaro