12 de Abril de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Operação Lollapalooza: PM prende trio e recupera mais de 30 celulares furtados

Foto: Divulgação
Postado em: 25/03/2024

Compartilhe esta notícia:

Dois homens, de 32 e 34 anos, e uma mulher, de 22, foram presos em flagrante na madrugada deste domingo (24) após furtarem mais de 30 celulares durante o festival de música Lollapalooza. Uma outra mulher que participou da ação conseguiu fugir e é investigada. as informações são do Governo do Estado de São Paulo. 

 

A Polícia Militar chegou até o trio após um homem relatar no local do evento que teve o seu celular furtado por duas mulheres. Ao tentar recuperar o aparelho, levou um soco no nariz de um dos suspeitos que participava da ação.

 

A vítima procurou os policiais e passou a geolocalização do aparelho, que foi encontrado juntamente com mais 32 celulares dentro de uma mochila de um dos assaltantes. O homem e sua namorada reconheceram outros dois integrantes que participaram do furto.

 

Uma das mulheres que participou da ação, de 23 anos, conseguiu escapar, mas durante a fuga deixou cair o seu documento de identidade, que era falso. Ela foi reconhecida por foto pelo casal e agora está sendo investigada.

 

Alguns dos celulares recuperados eram de alto valor, chegando a custar R$ 9 mil reais. Três foram devolvidos às vítimas. Um carregador portátil também foi apreendido. O trio foi preso e o caso registrado como furto, roubo e falsa identidade no 11º DP (Santo Amaro).

 

Preso por furto de corrente de ouro

 

Um outro homem, de 27 anos, foi preso em flagrante na noite deste sábado (23) após participar do furto de uma corrente de ouro de um dos frequentadores do festival.

 

Ao perceber que o objeto havia sido retirado de seu pescoço, a vítima, um homem de 20 anos, foi atrás do suspeito e percebeu que ele estava acompanhado de outras pessoas.

 

Um dos policiais que estava no evento viu a cena e realizou a abordagem ao suspeito, momento que as pessoas que estavam no grupo fugiram. A gargantilha não foi encontrada com o homem, sendo levada pelos outros integrantes da ação.

 

Durante consulta, foi constatado que o assaltante tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas e furto. Foi apreendido com ele R$ 820 e um telefone celular.

 

O suspeito foi conduzido ao 1º DP da Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur), onde o caso foi registrado como furto.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Delegados da PF apontam "crise de confiança" com indicação ligada a Carlos Bolsonaro

Há exagero contra Bolsonaro, e CCJ pode discutir anistia, diz Caroline de Toni

Receita libera consulta sobre restituição do Imposto de Renda

Sorocaba registra 154 casos novos da Covid-19 em 24 horas

Operação integrada de abordagem social acolhe mais 15 pessoas em situação de rua

Jaqueline cria por decreto o Cartão Merenda de R$ 56 para parte da rede municipal