Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Dini diz que reabertura não teve `planejamento e inteligência´ e cobra ampliação de horário no comércio

Secom / Câmara Municipal
Postado em: 03/06/2020

Compartilhe esta notícia:

“A reabertura do comércio em Sorocaba na última segunda-feira deveria ter sido precedida de planejamento e inteligência estratégica para evitar aglomerações de pessoas e transtornos para os comerciantes.” A afirmação é do vereador Fernando Dini (MDB), presidente da Câmara Municipal, que esteve no centro da cidade, na manhã desta quarta-feira, 3, quando conversou com diversos comerciantes e consumidores sobre as dificuldades que estão enfrentando.

“Com a reabertura do comércio, o que estamos vendo no centro da cidade é uma verdadeira bagunça, não por culpa dos comerciantes, que esperaram semanas por esse momento, muito menos por culpa dos consumidores, que estavam ansiosos para voltar às compras ou pagar suas dívidas. O que ocorreu é que a Prefeitura não se antecipou a situações simples e permitiu que as lojas ficassem lotadas, com aglomerações e com o trânsito confuso e sobrecarregado”, afirma Dini.

Um dos munícipes ouvidos pelo vereador, o gerente de loja Nivaldo Almeida, reclama dos transtornos causados pelas obras do BRT: “A Prefeitura teve 90 dias para fazer as obras do BRT, enquanto o comércio não estava funcionando, mas faz um mês que está tudo parado. Justamente agora, que o comércio começou a reagir com a reabertura, essas obras estão impedindo o funcionamento das lojas. É preciso dar uma solução urgente para isso”.

Fernando Dini cobra do Executivo medidas urgentes para minimizar os problemas enfrentados por comerciantes e consumidores. “É preciso que a Prefeitura libere o comércio para funcionar por mais horas, para evitar aglomerações, e coloque mais ônibus nas linhas, para que não haja superlotação no transporte. E as obras do BRT não podem ser realizadas enquanto o comércio estiver aberto, pois atrapalham o trânsito e a locomoção das pessoas”, afirma o parlamentar, enfatizando que, “sem essas medidas, Sorocaba corre o risco de perder todos os avanços na luta contra a pandemia”.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Milhares de mulheres saem às ruas para protestar contra Trump nos EUA

Ministério Público instaura procedimento contra poda de árvores pela CPFL

Prefeitura realiza atribuição de vagas para auxiliar de educação, inspetor de aluno e secretário de escola

Aluno só será afastado com 2 sintomas de Covid, diz gestão Doria

Kássio Nunes toma posse como ministro do STF

Onyx diz que saques do FGTS serão limitados a R$ 500 por conta