Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Décima edição do Kartcross Solidário reúne cerca de 3 mil pessoas e bate recorde de público

Postado em: 21/11/2018

Compartilhe esta notícia:

A 10ª edição do Kartcross Solidário reuniu aproximadamente 3.000 pessoas na Chácara Pica-Paulo, em Araçoiaba da Serra, e bateu recorde de público desde a primeira edição, realizada há 10 anos.

O evento deste ano trouxe uma novidade: uma disputa de rally na modalidade 4×4, num percurso de 100 quilômetros (ida e volta) que abrangeu as cidades de Araçoiaba, Iperó e Boituva, no interior do estado. A festa teve, ainda, exibição de motocross, paramotor, praça de alimentação, apresentação de bandas de rock e a tradicional corrida de kart.

O Kartcross Solidário, já tradicional na região, tem o objetivo de arrecadar fundos para a Associação Natal sem Fome (NSF). A 9ª edição arrecadou R$ 490.453,00 – sendo mais de R$ 150 mil por meio de doações dos próprios voluntários do Natal Sem Fome. A verba foi fundamental para a manutenção de nove projetos voltados à educação e à prática esportiva de crianças carentes.

A meta para este ano é arrecadar R$ 580.000, quantia que será revertida aos projetos do NSF e à construção do Instituto Natal Sem Fome, que ampliará ainda mais os atendimentos. O balancete da arrecadação deste ano ainda não foi concluído.

Linha do tempo

A Associação Natal Sem Fome (NSF) nasceu em 2003 com a proposta de socorrer famílias em situação de vulnerabilidade social. Em seu primeiro ano, o projeto arrecadou R$ 900,00. Em 2006, o NSF se estruturou e recebeu novos voluntários; a captação de recursos saltou para R$ 4.450,00. Em 2009 nasceu a parceria com o Kartcross Solidário e a arrecadação teve um boom: R$ 43.250,00.

Em 2011, o NSF cresce ainda mais e passa a transformar vidas: quase 70.000 kg de alimentos arrecadados e 37 entidades atendidas.

Em 2012, a associação lança projetos próprios de educação, esporte e música; arrecadação deste ano: R$ 193.000. Em 2014, o NSF já conta com três projetos sociais – Somando para Multiplicar, Juntos no Tatame e Atletismo na Escola – e investe em outras 10 iniciativas. Arrecadou neste ano quase R$ 309.000.

De lá para cá, o projeto cresceu e rendeu bons frutos. O projeto Juntos no Tatame conquistou três medalhas no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu; o Atletismo na Escola, cinco medalhas nos Jogos Regionais e, além disso, um atleta do NSF entrou no Projeto do São Paulo Futebol Clube (SPFC).

Em 2017 chega uma das maiores conquistas da associação: a compra de um terreno de 4.000 m² para a construção do Instituto NSF. Captação deste ano: R$ 490.000. Para 2018, estabeleceu-se a meta de R$ 580.000 de arrecadação.

width=1280
Paola, Natali e Gilson Tirolla
width=1280
Campeões do 1º Rally Solidário, Mirella Kurata e Daniel Manse
width=1280
Paulo Lara e Debora
width=1280
Renata , Rafaela e Diego Sanchez
width=1280
Willian Queiroz, Leonardo e Fabiana

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Brasil recebe nesta quinta-feira primeiro lote de vacinas da Pfizer

Desenvolve SP disponibiliza mais R$ 400 milhões para Turismo

Após anunciar ‘reabertura consciente’, SP bate recorde e registra 6.382 novos casos de Covid-19 em 24h

Mutirão que irá castrar mil animais em Votorantim começa em junho

Mais 23 pessoas em situação de rua são acolhidas pelo programa “HumanizAção” na noite deste sábado

Posse de Kassio Nunes Marques no STF será no dia 5 de novembro