Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

UNIP e Instituto Mais Identidade oferecem atendimento gratuito a pacientes com deformidades faciais

Postado em: 08/09/2021

Compartilhe esta notícia:

Anualmente ocorrem mais de 20 mil novos casos de câncer de boca e de face no Brasil, cujas sequelas geram um grande número de pacientes com severas desfigurações. A perda de porções da face, como os olhos, orelhas e nariz, é mais comum do que se pode imaginar e gera muitas dificuldades para uma vida normal. O convívio social, a empregabilidade e as funções básicas do dia a dia são profundamente afetadas nessas condições, restringindo a qualidade de vida e, muitas vezes, gerando a perda da “identidade” dessas pessoas, que vivem à margem da sociedade. 


Para minimizar essa situação de tanto sofrimento, em 2015 foi criado o Instituto Mais Identidade - OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), que tem como principal objetivo promover a recuperação estético-funcional e a reintegração social de indivíduos que apresentem alterações faciais e maxilares, causadas por câncer, traumas ou doenças congênitas, recuperando a estética e a função, para que voltem a viver de forma plena. 


Isso é possível graças à reabilitação bucomaxilofacial proposta por seus profissionais, que desenvolveram uma metodologia, internacionalmente reconhecida, para promover a escultura das próteses por meio de técnicas digitais de alta precisão. 


Graças ao apoio da UNIP, o Instituto conta com um Laboratório Digital e uma Clínica de Atendimento, que utiliza impressoras 3D para esculpir próteses a partir de modelos obtidos com fotografias digitais feitas com smartphones, o que possibilita que pacientes possam ser atendidos em locais distantes da sede do Instituto, localizado na cidade de São Paulo. 


O ATENDIMENTO É GRATUITO.

 

O Instituto disponibiliza um pré-cadastro em seu site. O usuário deve acessar https://www.maisidentidade.org/precadastro/, preencher as informações solicitadas, que passarão por uma avaliação prévia, realizada a fim de verificar se o caso se enquadra no modelo de reabilitação oferecido pelo Instituto.  Em caso afirmativo, os protocolos de atendimento são iniciados em datas e horários a serem definidos com o futuro paciente. 

 

Campanha “Quem vê cara, também Vê coração”


O Instituto Mais Identidade está realizando a campanha de arrecadação de fundos “Quem Vê Cara, também Vê Coração”, que consiste em captar recursos para esses atendimentos à distância. Com uma linguagem lúdica e criativa, as campanhas facilitam a conscientização sobre o tema de forma bastante interativa. Um exemplo é a peça “pequeno gesto”, que pode ser conferida no link: www.maisidentidade.org/gesto.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

YouTube suspende canal de Trump por violar regra de incitação à violência

BC inicia fase restritra de operações pelo Pix a partir desta terça

Conselho da Educação se declara unânime contra o apostilamento nas unidades de ensino

Saúde planeja incentivo para ações em prol de alimentação saudável

Vacina contra a covid: Votorantim inicia cadastro para pessoas entre 18 e 29 anos com comorbidades

Golpe da covid: polícia faz operação para prender criminosos que fingiam ser agentes de saúde