Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Um carpinteiro chamado José - veja a coluna semanal de Vanderlei Testa

Foto: reprodução
Postado em: 19/03/2021

Compartilhe esta notícia:

Entre os milhões de pessoas com nome José registradas no mundo, certamente há muitos carpinteiros.  Uma profissão artesanal, nobre e que exige dedicação no manuseio da madeira. Há mais de dois mil anos um homem chamado de justo tinha esse nome José. Imagino no tempo uma carpintaria sem ferramentas disponíveis como vemos hoje. Um salão aberto com cobertura rústica, pequena bancada de um tronco  transformado em mesa, alguns pedaços de metal para entalhar a madeira cortada na região de Nazaré.

Roupas de couro de animais como avental, sandálias e a presença da namorada Maria olhando o noivo José fazer as suas peças encomendadas pela vizinhança. Naquele clima de verão, onde o sol batia forte no José, a mocinha Maria levava um pote de água fresca que retirara do poço no fundo da casa. Não havia preguiça ou intervalos para descansar para o lanche da tarde. Maria certamente entregava também todos os dias ao José um pedaço de pão que ela tinha preparado com o trigo amassado e produzido como massa no seu forninho de lenha, com os gravetos da carpintaria. Essa rotina do jovem casal de enamorados seguia com uma luz invisível aos olhos, mas presente na vida deles. Vinha do alto e quem iluminava era Deus. Ele sabia que encontraria nesse casal, José e Maria, a sua vontade de criar a Sagrada Família.  

Um dia Deus enviou o seu Espírito Santo, num entardecer bonito com o sol se pondo e o céu todo colorido com raios fortes como um arco íris. Convidou o seu anjo Gabriel para uma missão especial. Ir até Maria anunciar que ela, mesmo sem estar casada com José, iria ter um bebê. Obedecendo as orientações do Pai, o anjo chegou até Maria e contou da sua missão. Mas, como acontecerá isso se não conheço homem? Ela pensava como humana, mas Deus a queria como Imaculada para oferecer a gestação do seu Filho Jesus. E como se nada a impedisse naquele momento, Maria disse Sim ao anjo. Ao relatar a José o acontecido, ele ainda preso as reações de um homem que não entendia como poderia a sua noiva ficar grávida pelo Espírito Santo, pensou em rejeitá-la.  

Até hoje, 2021 anos depois seria quase impossível entender essa graça divina no coração de José. Mas como para Deus nada é impossível, e no seu plano de amor estava tudo planejado no seu intenso amor, a situação foi se ajustando e Maria e José seguiram  juntos com a maternidade e a paternidade. E no tempo certo o menino nasceu. Estava ali a Sagrada Família e o modelo de pai adotivo que reverenciamos neste dia 19 de março como o Dia de São José. Ele se tornou um modelo de homem justo. O carpinteiro José que é lembrado no mundo cristão tão glorificado por suas virtudes, ocupa um lugar  especial junto a Maria no céu. Por sua intercessão os seus devotos recebem graças. Cidades levam o seu nome em todos os países.  Milhões de pessoas tem o José na sua identidade. O meu é Vanderlei José Testa.


São José, neste tempo de pandemia, de milhões de enfermos nos hospitais, de milhões de pessoas falecidas pelo Covid-19, interceda por todos nós habitantes deste Planeta Terra para que não percamos a fé e continuemos a crer, como Maria, que disse na sua prece do Magnificat: O Senhor fez em mim maravilhas, e santo é o seu nome!

 
Vanderlei Testa jornalista e publicitário escreve aos sábados no www.jornalipanema.com.br e www.blogvanderleitesta.com e www.facebook.com/artigosdovanderleitesta

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em apenas 10 dias, Votorantim registra 104 novos casos e 3 mortes de covid-19

Vazamento no Vitória Régia interrompe abastecimento em bairros da região

Jovem morre após ser agredido por casal com pedra e madeira em condomínio na ZN de Sorocaba

Tragédia: motorista morre atropelado pelo próprio caminhão ao pular de veículo

Parques, Zoológico e Jardim Botânico serão reabertos ao público no dia 20 de outubro em Sorocaba

Lava Jato faz operação contra Paulinho da Força por suspeita de crime eleitoral