Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

“Operação Ferro-velho” volta a fiscalizar estabelecimentos na Zona Norte de Sorocaba

Foto: GCM/Divulgação
Postado em: 15/07/2021

Compartilhe esta notícia:

Nesta quarta-feira (14), das 9h às 12h, a Guarda Civil Municipal (GCM), a Polícia Militar (PM), a Polícia Civil e os fiscais da Prefeitura de Sorocaba realizaram mais uma “Operação Ferro-velho” na cidade. Desta vez, foram vistoriados nove estabelecimentos que comercializam esse tipo de mercadoria na Zona Norte de Sorocaba, sendo que as autoridades constataram irregularidades em sete deles.

 

“O objetivo dessa operação é verificar documentação e produtos comercializados de forma irregular. Vamos continuar averiguando, de forma permanente, ferros-velhos em todas as regiões de Sorocaba”, destacou o secretário de Segurança Urbana (Sesu), Coronel Vitor Gusmão.

 

A operação integrada ocorreu no Jardim JS Carvalho, Parque Vitória Régia e Conjunto Habitacional Ana Paula Eleutério (Habiteto). Os estabelecimentos foram selecionados devido à proximidade com locais que têm sido alvo de furto ou vandalismo.

 

Dos sete estabelecimentos com irregularidades, cinco foram notificados por falta de documentação. Os outros dois locais já tinham sido notificados por falta de documentação em operação anterior, realizada neste ano, e como não regularizaram, desta vez, foram autuados.

 

Além disso, esses mesmos dois estabelecimentos foram notificados por crime ambiental, em razão de maus-tratos a animais, por manterem cachorros presos em corrente curta. A equipe orientou os responsáveis, que sanaram a situação no momento da fiscalização.

 

Nos locais fiscalizados, havia produtos de procedência duvidosa, mas, como não foi possível identificar como produtos ilícitos, os proprietários foram orientados quanto ao comércio desses produtos e o possível crime de receptação.

 

Neste ano, duas ações como essa já foram realizadas. A primeira aconteceu na Zona Norte, no dia 5 de maio, quando irregularidades foram constatadas em cinco, dos sete estabelecimentos vistoriados, e houve apreensão de seis motores de veículos, além de peças automotivas sem notas fiscais. A segunda operação ocorreu na Zona Leste, no dia 2 de junho, quando foram constatadas irregularidades nos cinco estabelecimentos fiscalizados e houve apreensão de fiação elétrica.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro faz apelo a caminhoneiro contra greve

Moro diz que seria retaliação manter apuração contra ele no Conselho de Ética da Presidência

Bolsonaro foi o candidato a presidente mais votado em Sorocaba

Pacientes oncológicos celebram a retomada das atividades presenciais

Após ‘Casa de Papel’, Prefeitura promove ‘Café com a Imprensa’ para “estreitar relacionamentos”

Corpo de Gugu Liberato chega a São Paulo e será velado nesta quinta