Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Hospital Dr. Miguel Soeiro avança nos procedimentos assistenciais

Foto: reprodução
Postado em: 16/07/2021

Compartilhe esta notícia:

Depois de um longo período, quando a pandemia limitou a realização de vários procedimentos, o Hospital Dr. Miguel Soeiro (HMS) começa a voltar à normalidade, inclusive incorporando novas ações assistenciais, abrindo mais campos de trabalho aos cooperados. Confira abaixo, duas dessas novidades.   

 

Primeira cirurgia fetal da região

 

Pela primeira vez na região foi realizada uma cirurgia fetal endoscópica para correção de espinha bífida. Ela aconteceu no dia 16 deste mês, no Hospital Dr. Miguel Soeiro (HMS), e foi bem-sucedida. 

 

A fetoscopia é um procedimento endoscópico transabdominal, guiado por ultrassonografia. Já a espinha bífida é uma anomalia caracterizada por protrusão de meninges, raízes nervosas e medula, através de uma abertura no arco vertebral, o que pode levar à paralisia dos membros inferiores, diferentes graus de restrições no desenvolvimento intelectual e disfunções intestinais, gênito-urinárias e ortopédicas.

 

A cirurgia foi realizada pelo doutor Renato Luís da Silveira Ximenes, responsável por uma equipe que, desde 2006, já soma mais de 350 procedimentos cirúrgicos dessa natureza. Ele é o titular da Vice-Presidência da Fundação Medicina Fetal Latino-Americana (FMFLA), da qual também é o coordenador do curso de pós-graduação em Medicina Fetal e da equipe de cirurgia fetal; é membro do Comitê de Ultrassonografia do Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR), embaixador no Brasil da International Society of Ultrasound in Obstetrics and Gynecology (ISUOG) e mestre em Ciências Médicas pela Escola Paulista de Medicina da Unifesp. 

 

Junto a ele, também atuaram na cirurgia os professores-doutores Antonio Moron e Sérgio Cavalheiro e os professores Maurício Barbosa, Ítalo Suriano e Stephanno Sarmento. “Tivemos um grande apoio de todos da Unimed Sorocaba, tornando esse procedimento possível”, enfatizou o doutor Renato Ximenes.

 

Neonatos, crianças e adolescentes portadores de patologias cardiológicas

 

Desde junho, o Hospital Dr. Miguel Soeiro (HMS) realiza atividades de assistência às crianças portadoras de cardiopatia congênita. Nos últimos meses, a Diretoria trabalhou junto aos cardiologistas pediátricos na formação de uma equipe que atuasse nas mais diversas patologias cardiológicas, desde neonatos até adolescentes. 

 

Segundo o cardiologista intervencionista doutor Paulo Cícero Aidar Maiello, coordenador do Serviço de Hemodinâmica do HMS, a parceria evita que os pacientes precisem ser encaminhados aos serviços de São Paulo, além de agregar conhecimento e tecnologia ao HMS. 

 

As primeiras atividades foram realizadas em três pacientes: um de três anos (valvuloplastia pulmonar), outro de um ano (fechamento de canal arterial) e, finalmente, um adolescente com 15 anos de idade (correção de coartação da aorta com implante de stent). Todas as intervenções foram realizadas sem intercorrências e com o auxílio dos anestesistas do Setor, representados pelo doutor Maurício Augusto Viceconti. As crianças tiveram alta em 24 horas.  

 

Equipes

 

Cirurgia cardíaca pediátrica – A coordenação é do doutor José Cícero Stocco Guilhen, professor-adjunto da disciplina de Cirurgia Cardiovascular da Unifesp-EPM, doutor em Medicina pela mesma instituição e especialista em Cirurgia Cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. 

 

Hemodinâmica – É coordenada pela doutora Célia Maria Camelo Silva, graduada em Medicina pela Universidade Federal de Goiás, com especialização e fellowship em Cardiologia Pediátrica pelo Hospital for Sick Children e também pela Royal Brompton National Heart & Lung Hospital, além de mestrado e doutorado em Medicina (Cardiologia) pela Unifesp.

 

Ecocardiografia e cardiologia pediátrica – Formada pelas doutoras Glória Zanelatto Campagnone, Márcia Cristina Gambaro Esquierdo Carmignani e Virna Maria Guevara. 

 

UTI Pediátrica – Coordenada pela doutora Elaine Moreno.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dupla é presa com drogas escondidas em carro furtado; Veja ação de cão policial

Senado aprova projeto que obriga motorista embriagado a ressarcir SUS por lesão ou morte no trânsito

Anestesiologista Alberto Miguel Saker, o ‘doutor Tito’, morre aos 86 anos

Brasil registra diariamente 233 agressões a crianças e adolescentes, diz Sociedade Brasileira de Pediatria

Sorocaba registra mais 31 mortes por Covid-19 e 114 seguem intubados em UTIs

GCM detém casal furtando alimentos e material no CEI do Júlio de Mesquita