Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Doria afasta comandante da PM de Sorocaba que defendeu ato pró-Bolsonaro em 7 de setembro

Foto: divulgação
Postado em: 23/08/2021

Compartilhe esta notícia:

O governador João Doria afastou, no início da manhã desta segunda-feira (23), o coronel da ativa Aleksander Lacerda, do comando do CPI-7 (Comando de Policiamento do Interior), que abrange várias cidades da região de Sorocaba.

O regulamento da Corporação proíbe os policiais de participarem de atos políticos-partidários.


Conforme o Portal Metrópolis, Doria afastou o comandante por "indisciplina". O jornal O Estado de São Paulo divulgou que Lacerda havia convocado "amigos" bolsonaristas para protesto no dia 7 de Setembro. Ele teria atacado o STF (Supremo Tribunal Federal). Lacerda também teria criticado o governador João Doria, o qual o chamou de "cepa indiana". 


O CPI-7 abrange sete batalhões da Polícia Militar e representa cerca de 5 mil policiais que atuam em 78 cidades da região. 

O caso repercutiu em Sorocaba. O vereador Vinícius Aith, apoiador do presidente Jair Bolsonaro, se manifestou em sua conta no Twitter. "A PM é infinitamente maior do que o ditador da calça apertada. O afastamento do Coronel Aleksander Lacerda é inadmissível. Onde estão os deputados estaduais que se dizem defensores da PM? Já passou da hora de derrubar o Doriana!", escreveu o parlamentar sorocabano. 

 

viaith

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Toxoplasmose, mitos e verdades

Três granadas atingem embaixada dos EUA no Iraque; ataque não causou vítimas, segundo serviços de segurança

Carnaval é adiado para maio em São Paulo

Beneficiários nascidos em junho recebem nesta quarta-feira (11) auxílio emergencial

CEI do Choque é instalada na Câmara para investigar incidente no PA das Laranjeiras

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos