Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

De carro, evangélicos fazem Marcha para Jesus em SP

Folhapress
Postado em: 02/11/2020

Compartilhe esta notícia:

Fábio Munhoz, da Folhapress

Acontece, nesta segunda-feira (2), a 28ª edição da Marcha para Jesus em São Paulo. Por conta da pandemia de Covid-19, o trajeto entre o Parque do Ibirapuera (zona sul) e o pavilhão do Anhembi (zona norte) é feito por meio de uma carreata. Nos anos anteriores, os fiéis seguiam a pé da região central da capital até a praça Heróis da FEB, também na zona norte.

A organização do evento estima que cerca de 30 mil veículos participem da carreata, que começou por volta de 13h. A concentração ocorreu a partir das 10h no estacionamento da Assembleia Legislativa, onde foi feito um ponto para o recebimento de doações de alimentos. O objetivo era arrecadar 10 mil cestas básicas, que serão distribuídas para a comunidades no dia 19 de dezembro.

Ao todo, seis trios elétricos acompanham a carreata com apresentação de bandas evangélicas e cantos de louvor. Ao fim do percurso, será realizado um show no modelo drive-in dentro do pavilhão do Anhembi. Aproximadamente 1.500 veículos deverão acompanhar o show.

Organizador da marcha, o apóstolo Estevam Hernandes, da igreja Renascer em Cristo, afirma que a carreata foi a solução encontrada para viabilizar o evento mesmo em tempos de pandemia. "A gente crê que, ao final, a dimensão da marcha [neste ano] vai ser maior do que era. Vamos fazer tipo live", avalia Hernandes.

Na opinião do líder religioso, outro diferencial da edição de 2020 é o caráter solidário do ato. "Na pandemia, estamos vendo a fome e o desespero das pessoas. Por isso estamos arrecadando os alimentos", acrescenta.

A professora Eliane Galera, 58 anos, afirmou que participa da marcha todos os anos. "Minha mãe, de 80 anos, foi curada de um câncer e prometeu que, enquanto tiver vida, virá marchar. Vim acompanhá-la, mas não vamos assistir ao show."

O instrutor teórico Walter Vilar, 56 anos, doou 20 cestas básicas. Ele acompanhou a carreata ao lado da mulher e avalia que o novo formato não diminui a fé dos participantes. "O povo tem que declarar que Jesus é salvador", completou.

"Se é para ter mais cuidado com a saúde das pessoas, é melhor assim", afirmou a dona de casa Nádia Bachmann, 40 anos, sobre a mudança na marcha em 2020.

Participação de políticos

Diferentemente de anos anteriores, não há, até o momento, a confirmação de que haverá discursos políticos, segundo a assessoria de imprensa do evento. Em 2019, Jair Bolsonaro esteve no ato e foi o primeiro presidente em exercício a participar da marcha.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) esteve na concentração, no início da tarde, mas ficou no local por menos de dez minutos e não fez discursos.

O chefe do Executivo municipal elogiou o novo formato do evento e citou benefícios gerados pela marcha, como a geração de renda, ocasionada pela vinda de turistas, e o trabalho social. "[A marcha] celebra a diversidade que temos aqui e o respeito a toda a comunidade evangélica da cidade de São Paulo", acrescentou.

Do lado de fora da concentração, cabos eleitorais promoviam atos em favor de três candidatos a vereador: Gilberto Nascimento Jr. (PSC), Marcelo Aguiar (DEM) e Eduardo Tuma (PSDB), que atualmente é o presidente da Câmara Municipal.

Parte dos militantes ignorou os protocolos de prevenção contra o novo coronavírus. Houve aglomeração de pessoas e algumas estavam sem máscara. Questionado, Tuma disse que a orientação é para que os apoiadores sigam as normas sanitárias.

"Esse é o direito democrático dos candidatos. Eu gostaria que não tivesse essa bandeirada, mas não podemos impedir", disse o apóstolo Hernandes.

Durante a carreata, vários veículos tinham adesivos dos candidatos citados, além de bandeiras do Brasil.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

‘Criança’ aparece fumando em estádio e viraliza; ele, na verdade, é pai de 36 anos

293 passageiros do transporte fizeram teste da Covid-19 no Terminal São Paulo nesta 5ª

Jovem de 25 anos morre após ser baleado por motociclista na Vila Haro

Ônibus Rosa inicia atendimento em zona rural de Sorocaba

Idosas são resgatadas feridas e vivendo em condições subumanas na região de Sorocaba

Bolsonaro publica vídeo em que recebe elogios de Putin por ´qualidades masculinas´