Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Casal aponta armas para manifestantes nos Estados Unidos

Jovem Pan News
Postado em: 29/06/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

Um casal apontou armas para manifestantes em St. Louis, no Missouri, enquanto o grupo marchava em direção à casa da prefeita em um protesto pedindo sua renúncia. De acordo com o canal de TV ABC News, a polícia disse que algumas pessoas na multidão gritaram ameaças ao casal.

O homem que apareceu nas imagens carregando um fuzil é Mark McCloskey, de 63 anos. Ele afirmou a uma emissora de TV que ele e sua esposa, Patricia, estavam enfrentando uma “multidão enfurecida” e “temiam por suas vidas” no início da noite deste domingo.

Nenhuma acusação foi feita contra eles. A polícia disse que ainda estava investigando, mas classificou o caso como invasão e agressão por intimidação contra o casal. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra Mark McCloskey e sua esposa de 61 anos do lado de fora de uma ampla mansão, no bairro West End. É possível ver o homem andando de um lado para outro enquanto sua esposa o acompanha segurando um revólver.

A polícia disse que o casal viu um grande grupo de pessoas quebrando um portão de ferro marcado com as placas “Não ultrapasse” e “Rua particular”. Segundo os oficiais, o homem e a mulher mandaram os manifestantes saírem porque estavam em uma rua particular, mas as pessoas na multidão gritaram ameaças.

De acordo com a ABC News, a mansão dos MacCloskey foi destaque na revista local St. Louis Magazine após passar por uma reforma, avaliada em US $ 1,15 milhão.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura finaliza recapeamento de duas ruas do Parque Esmeralda

Terror, drama e comédia estão entre as opções de filmes que entram em cartaz na região

Ator Marlon Wayans diz já ter ideias para filmar ‘As Branquelas 2’

Câmara Municipal debaterá Semana Municipal do Samba

GCM detém criminoso foragido após "saída de Natal" em casa abandonada no Centro

‘Idosa pode ter sido morta a pauladas’, diz delegado; caso é investigado pela DIG