Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Bolsonaro pausa entrevista no Supremo e pede para jornalistas rezarem pai-nosso

Postado em: 13/07/2021

Compartilhe esta notícia:

Marcelo Rocha, Ricardo Della Coletta e Pedro Ladeira, FOLHAPRESS


Irritado com uma pergunta sobre os ataques que fez ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) interrompeu momentaneamente uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (12) e tentou puxar um pai-nosso com repórteres.


O pedido de oração foi feito logo após Bolsonaro ter uma reunião com Luiz Fux, presidente da corte. Segundo o ministro, ficou acertado um encontro dos chefes dos três Poderes.


O anúncio ocorre após uma escalada na retórica golpista do presidente. Bolsonaro xingou Barroso nos últimos dias, a quem chamou de idiota e imbecil. Questionado nesta segunda se se arrependia, o mandatário respondeu que "o que está feito está feito".

 


"Para de falar em se arrepender cara, o que está feito está feito. Eu não vim aqui para brigar com ninguém. Acabei de falar, acabei de falar. Vai acabar a entrevista. Depois diz que eu sou grosso", afirmou.


"Acabei de falar para vocês. Vamos rezar um pai-nosso aqui? Vamos rezar? Vamos rezar um pai-nosso. Vamos lá, ajuda aí pessoal", disse.


Após Bolsonaro concluir a oração –que em um trecho diz "perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido"–, os repórteres retomaram os questionamentos.


Nos últimos dias, o presidente vinha repetindo que as eleições de 2022 podem não ocorrer caso não exista um sistema eleitoral confiável –segundo ele, o voto impresso.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara faz balanço dos dois primeiros anos de mandato

A escolha da coleira adequada

Covid-19: OMS aprova inclusão da CoronaVac em lista de uso emergencial

Criança de 5 anos morre em corredor de hospital à espera de leito em Goiânia

Zoo de Sorocaba comemora nascimento de filhote macho de onça-pintada

Tom Hanks diz que está com coronavírus