Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Auditores agropecuários federais são alvos de operação da Polícia Federal

Postado em: 01/10/2019

Compartilhe esta notícia:

A 4ª fase da Operação Carne Fraca, chamada de Romanos, tem como alvos auditores fiscais agropecuários federais em vários estados. De acordo com a Polícia Federal (PF), eles teriam sido favorecidos com vantagens indevidas.

As informações são da Agência Brasil.

A operação apura crimes de corrupção passiva em benefício de grupo empresarial do ramo alimentício, que passou a atuar em colaboração espontânea com as autoridades públicas na investigação. O grupo empresarial indicou ao menos o envolvimento de 60 auditores fiscais.

“Há indicativos de que foram destinados R$ 19 milhões para os pagamentos indevidos. Os valores eram pagos em espécie, por meio do custeio de planos de saúde e até mesmo por contratos fictícios firmados com pessoas jurídicas que representavam o interesse dos fiscais”.

Cerca de 280 policiais federais cumprem desde as primeiras horas da manhã 68 mandados de busca e apreensão em nove estados:: Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Pará, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Ponta Grossa, no Paraná.

De acordo PF, o nome da operação, Romanos, faz referência a diversas passagens bíblicas do Livro de Romanos que tratam de confissão e Justiça.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara veta PL de Crespo que obrigaria idosos a usar porta da frente em ônibus

Casos da variante Delta do novo coronavírus ultrapassam os 130 no Brasil

Saae diz que tarifa de água de Sorocaba é uma das mais baratas do Estado

Professores paralisam aulas para protestar contra Reforma da Previdência estadual

No primeiro dia do ano, Sorocaba registra três novas mortes por covid-19

Óbitos em decorrência da Covid-19 chegam a 610 em Sorocaba