Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Artistas, políticos e internautas usam #EuNãoAceito contra título de cidadão para Bolsonaro

Foto: reprodução
Postado em: 18/05/2021

Compartilhe esta notícia:

O ator Paulo Betti, diversos outros artistas e também políticos fomentam uma campanha chamada #EuNãoAceito, contra a concessão de título de cidadão sorocabano para o presidente Jair Bolsonaro, aprovada semana passada pelos vereadores. 

Um vídeo promovendo a hashtag foi postada por Betti em uma de suas redes sociais. "A Câmara de Sorocaba concedeu o título de cidadania para quem está promovendo a pior gestão da pandemia no mundo. Para quem nega a importância das vacinas, despreza a arte e a cultura, destrói os alicerces civilizatórios da sociedade promovendo a fome, desemprego, ódio, armando a sociedade. Para quem promove a destruição das nossas florestas dizimando as nações indígenas, tirando a verba da nossa Educação. Considerar essa pessoa cidadã de Sorocaba? Eu não aceito", declara o ator no início do vídeo. 

Na sequência, aparece uma edição que mostra várias personalidades frisando a hashtag #EuNãoAceito entre elas artistas sorocabanos, fomentadores da cultura e políticos como: José Simões, Raul Marcelo, as vereadoras Iara Bernardi e Fernanda Garcia; e o ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio.


Assista o vídeo



 

 Concessão de títulos de cidadão para Jair e Eduardo Bolsonaro

 

Os vereadores de Sorocaba aprovaram em sessão de 11 de maio, na Câmara Legislativa, dois Projetos de Decreto Legislativo de concessão de títulos de cidadão sorocabano, sendo um para o presidente Jair Bolsonaro, de propositura de Luís Santos; e outro para o deputado federal Eduardo Bolsonaro, este proposto por Vinícius Aith.

Foram 12 votos para "sim" e 5 para "não" no PDL que homenageia Eduardo Bolsonaro e 13 votos para "sim" e 5 para "não" no PDL que homenageia Jair Bolsonaro. A aprovação precisaria de maioria simples.

Na questão de ordem no momento da votação do PDL para Eduardo Bolsonaro, Iara Bernardi informou que havia uma assinatura não identificada, por isso, esse voto não valeria. Cláudio disse que o assunto estava vencido, e Iara o contrariou. "Aqui são todos figura públicas. Tem de ter assinatura identificada", afirmou ela.  Segundo Cláudio, há 12 assinaturas e a 12ª ele "não saberia de quem é, mas não precisaria de identificação também."

Já no momento da votação referente à homenagem a Jair Bolsonaro, Iara chamou o presidente de "genocida" e voltou a questionar "Quem matou Marielle?". 

Fernanda Garcia relembrou que o presidente é investigado na CPI da covid no Senado. "Um presidente investigado receber um título de cidadão sorocabano? Quando a grande maioria da população não concorda com isso". Já Fernando Dini rebateu sua fala dizendo que "investigado não está julgado, diferente de colegas dessa Casa que defendem bandidos corruptos que fizeram o maior roubo da história do Brasil".

Vinícius Aith defendeu que Jair Bolsonaro "é o melhor presidente da história do país" e repudiou, nas palavras dele, que "a esquerda que é desse jeito mesmo, fazendo gritarias, espalhando terror e apoiando ditadores".

 

Painel de votação para título de cidadão para Eduardo Bolsonaro: 

eduardo

O voto de Hélio Brasileiro não foi computado no painel, mas ele votou favorável à homenagem, resultando-se assim em 12 votos favoráveis.

 

Painel de votação para título de cidadão para Jair Bolsonaro: 

jair

O voto de Hélio Brasileiro não foi computado no painel, mas ele votou favorável à homenagem, resultando-se assim em 13 votos favoráveis.

 

Título de cidadão a Jair Bolsonaro

O PDL de Luís Santos é uma propositura apresentada há mais de 3 anos, em 20 de março 2018, quando Jair Bolsonaro ainda era deputado federal. À época, o projeto havia sido retirado de pauta.

Na justificativa para a concessão de título de cidadão, o vereador defende que "Jair Bolsonaro é conhecido por suas posições em defesa da família, da soberania nacional, do direito à propriedade e dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. Suas bandeiras políticas são fortemente combatidas pelos partidos de ideologia esquerdista. Em seus mandatos parlamentares, destacou-se na luta contra a erotização infantil nas escolas e por um maior rigor disciplinar nesses estabelecimentos, pela redução da maioridade penal, pelo armamento do cidadão de bem e direito à legítima defesa, pela segurança jurídica na atuação policial e pelos valores cristãos. Foi idealizador do voto impresso, que certamente contribuirá para a realização de eleições mais confiáveis e passíveis de auditagem".

 

Título de cidadão a Eduardo Bolsonaro

 

Já no PDL de Aith, o parlamentar defende como justificativa para a concessão de título a Eduardo Bolsonaro que "o nobre Deputado Federal fez, ao longo de seu mandato, substanciais contribuições para a cidade de Sorocaba, em especial pelo encaminhamento de emendas parlamentares para áreas essenciais, como saúde, segurança e educação. Ademais, desde 2018, o Sr. Eduardo Bolsonaro realizou várias visitas à nossa cidade, participando de reuniões chaves para o desenvolvimento de Sorocaba, como, por exemplo, reunião com o Padre Flávio, gestor da Santa Casa, e visitas ao Gpaci, ambas para discutir a vinda de recursos federais para a saúde – Santa Casa e tratamento do câncer infantil".

Aith também cita que, em recente viagem à Brasília, na qual estiveram presentes o secretário de saúde, Dr. Vinicius Rodrigues e o Prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, "o nobre Deputado Federal destinou R$ 1,3 milhão em emendas parlamentares para a compra de novas ambulâncias e motoambulâncias para a renovação da frota de atendimento móvel de nossa cidade".

"O nobre Deputado Federal articulou, junto ao governo federal, o investimento de 80 milhões de reais para construção da nova Estação de Tratamento de Água do SAAE. Estação que será inaugurada no mês de Maio de 2021 e deverá contar com a presença do Deputado Federal e do Presidente da República, Sr. Jair Messias Bolsonaro".

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura de Sorocaba ganha decoração especial de Natal até 6 de janeiro

Comissão da Mulher Advogada da OAB Sorocaba repudia julgamento de Mariana Ferrrer

Presidente Jair Bolsonaro diz que porteiro é quem menos tem culpa por citação no caso Marielle

Novos postos de venda de estacionamento Zona Azul são credenciados em Sorocaba

Lançamento do programa O Poder da Mulher é neste sábado

Usuários de ônibus têm até dia 30 para transferir créditos para Cartão Social