Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Arte e educação: projeto "Brincadeiras do futuro" - veja a coluna de José Simões

Postado em: 10/09/2021

Compartilhe esta notícia:

Sorocaba/Cultura – Arte e Educação e Educação e Arte. Não importa a ordem. Trata-se de uma importante parceria para o desenvolvimento das crianças, dos cidadãos e da Cultura do município.  

 

O projeto “Brincadeiras do Futuro” envolve a projeção dos desenhos das crianças utilizando o Vídeo Mapping, nas paredes da Escola e do Espaço Cultural Maloca. Além de contação de histórias e show com a cantora Paula Cavalciuk.

 

A professora Márcia Noronha, da Escola Municipal Professora Josefina Zilia de Carvalho (diretora Ana Claudia Joaquim de Barros), foi a responsável por desenvolver o projeto de Corpo e Movimento - componente curricular de Educação Física previsto pela Base Nacional Comum Curricular – cuja proposta foi a de pensar as relações do presente, passado e futuro a partir do tema "Brincadeiras do Futuro". Nele as crianças buscaram saber por meio de entrevistas e pesquisas os jogos e brincadeiras o que seus familiares praticavam na infância.

 

De acordo com a gestora da Maloca Centro Cultural, Ella Vieira, o projeto visa estimular a criatividade e pensamento crítico a fim de visibilizar uma discussão acerca da criança como sujeito de direito e participante da sociedade.

 

As atividades

 

Dia 10

 

Na sexta-feira (10), das 18h às 19h, a projeção do Brincadeiras do Futuro será na Escola Municipal Josefina Zilia de Carvalho, localizada no endereço Rua Nhonhô Neves, 151, Jardim Guadalajara

 

Dia 11

 

sábado (11), a Maloca Centro Cultural organizou uma programação especial para crianças e familiares, sendo duas sessões de contação de histórias com o professor Marco Escobar, às 16h e às 17h; e aos intervalos de cada história, a cantora e compositora Paula Cavalciuk, cantará canções de seu repertório. A projeção dos desenhos na fachada da Maloca está programada para às 18h. A entrada é gratuita e as inscrições devem ser feitas pelo link https://linktr.ee/malocacentrocultural

 

Serviço:

 

A classificação indicativa da contação de histórias é a partir de seis anos e as crianças deverão estar acompanhadas de um maior responsável, com apresentação obrigatória de documento de identidade com foto.

 

Cada sessão será limitada a seis famílias, seguindo os protocolos de segurança estabelecidos pelo Governo do Estado de São Paulo.

 

O uso de máscara será obrigatório.

 

A Maloca Centro Cultural conta com um elevador de acessibilidade para PCDs.

 

O espaço fica na rua Francisco Scarpa, 321, Centro.

 

José Simões é professor e crítico teatral

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia investiga morte de idoso encontrado com ferimentos de enxada

Saae volta a alertar sobre prática de golpes, principalmente contra idosos

Em reunião com vereadores, gestores de hospitais mostram preocupação em Sorocaba

Covid-19: mortes caem mais, mas casos seguem subindo, mostra Ministério da Saúde

Após assassinar ex-namorada, homem mata três em igreja evangélica

Projeto autoriza Saae a fornecer água a condomínio localizado em Araçoiaba