Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

A partir de janeiro, polícia vai atirar para matar, afirma João Doria

Postado em: 02/10/2018

Compartilhe esta notícia:

Arthur Rodrigues, FOLHAPRESS

O candidato João Doria afirmou que, a partir de 1º de janeiro, a polícia vai atirar para matar se bandidos reagirem.

“Não façam enfrentamento com a Polícia Militar nem a Civil. Porque, a partir de 1º de janeiro, ou se rendem ou vão para o chão”, disse à rádio Bandeirantes. “Se fizer o enfrentamento com a polícia e atirar, a polícia atira. E atira para matar”, afirmou.

A afirmação contraria o método Giraldi, seguido pela polícia paulista. O método prevê o uso progressivo da força. Ou seja, se houver possibilidade, o mais desejável é ferir o criminoso, sem matá-lo.

Na tentativa de pegar carona na popularidade de Jair Bolsonaro, Doria tem feito discursos mais duros na área da segurança. Em ato de apoio a Bolsonaro, aliados do capitão reformado cobraram que Doria se posicione a favor do presidenciável do PSL.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sem citar Bolsonaro, Rêgo Barros critica autoridade que não quer ser contrariada: ‘A soberba lhe cai como veste’

Sem receber, motoristas do transporte coletivo de Sorocaba prometem protesto nesta sexta

Carriel determina ações de saturação da GCM no Habiteto após pichação de escola

Vacinação volta nesta quarta-feira, com 14 mil doses distribuídas em 33 locais de Sorocaba

Sorocaba confirma caso importado de febre amarela em morador do Carandá

Urbes suspende atendimento presencial devido ao feriado de 12 de outubro