Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vacinas contra a gripe se esgotam em Sorocaba; não há previsão de reposição pelo Estado

Foto: Divulgação/Secom
Postado em: 24/03/2020

Compartilhe esta notícia:

As doses da vacina contra a gripe acabaram em Sorocaba, nesta terça-feira (24).

 

Devido à grande procura pela imunização, considerando que a cidade recebeu apenas 26 mil doses para iniciar a campanha, todo o estoque foi zerado nos 33 locais de aplicação.

 

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), já solicitou mais doses ao Governo do Estado de São Paulo, órgão responsável pelo envio das vacinas e insumos, mas ainda não há uma previsão.


De acordo com a SES, 22.400 doses foram aplicadas no primeiro dia nos 33 locais e, nesta terça-feira, apenas 13 locais realizaram a vacinação com um quantitativo de 3.600 doses. A vacinação se encerrou antes do meio-dia.


Segundo a supervisora de imunização do município, Ane Pontes Gomes, a orientação é que os idosos não fiquem circulando pela cidade à procura da vacina. “Por meio dos canais oficiais da prefeitura e imprensa informaremos a continuidade da campanha, assim que recebermos a reposição de doses do Estado. Por isso, peço que fiquem em casa e evitem a circulação. As pessoas também podem ligar em suas Unidades Básicas de Saúde para se informar”, orienta.


Vale ressaltar que a vacin
a não imuniza contra o novo coronavírus (COVID-19). A composição da vacina é estabelecida anualmente pela OMS (Organização Mundial de Saúde), com base nas informações recebidas de laboratórios de referência sobre a prevalência das cepas circulantes.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Criminoso faz grávida e criança de 7 anos reféns durante roubo de carro

Votorantim confirma mais 17 casos de Covid-19; entre eles um óbito

Funcionários do Grupo São João protestam por manutenção de empregos

Corrida e Caminhada da Emancipação será realizada em 5 de dezembro em Votorantim

Banco Central nega pedido do Procon-SP para limitar transferências do Pix

Câmara devolve quase R$ 7 milhões à Prefeitura; ao todo, Legislativo atinge marca superior a R$ 9 mi