Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Três temas em minhas histórias da semana: câncer, NS das Graças e segurança do trabalho - veja a coluna de Vanderlei Testa

Arte: VT
Postado em: 26/11/2021

Compartilhe esta notícia:

Dia 27 de novembro é o Dia Nacional de Combate ao Câncer. Também é celebrada Nossa Senhora das Graças e o Dia do Técnico de Segurança do Trabalho. Como estou integrado na divulgação desses três temas em minha história de vida espiritual, profissional e familiar, sinto-me a vontade para escrever o artigo desta semana no jornal Ipanema e redes sociais. Primeiro, sobre a data dedicada à conscientização sobre o câncer, com objetivos claros em transmitir informações sobre essa doença, que atinge mais de 600 mil novos casos por ano no Brasil. Ou seja, seria como a população de Sorocaba atingida por essa enfermidade. Nossa homenagem aos médicos oncologistas Gilson Luchesi Delgado, Leticia de Andrade Nader, Luiz Antonio Pires, Carlos Eduardo Ribeiro De Moura, Christiane Pires, Frederico Augusto Pinho Rocha, Gabriela Filgueiras Sales, Jaqueline Yamamoto, Luciana Buttros e Nádia Yumi Hatamoto e a todos os médicos oncologistas do Gpaci, que conquistaram no dia 22 de novembro a habilitação do hospital para transplante de medula óssea. Em nome do diretor clinico médico Fábio Bernardes de Oliveira, cumprimentamos toda a equipe do Hospital- Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil.

 

A medicina em seus estudos científicos define o câncer como um grupo de doenças que são notoriamente caracterizadas pela multiplicação de células de maneira incontroláveis e desordenadas, com formação de tumores no corpo da pessoa atingida por essa doença. Há uma invasão de órgãos além do estágio inicial do câncer, em muitos casos criando uma metástase. Exemplo, a pessoa tem um câncer no intestino e pode ser levado ao fígado ou outro órgão. Felizmente a medicina está avançada em estudos e experiências positivas em pacientes com tratamentos que “seguram” a multiplicação das células. Os especialistas enumeram mais de 100 tipos diferentes de câncer. No Brasil, os casos mais frequentes são, para os homens, o câncer de próstata e nas mulheres o de mama. Há também o câncer de cólon e reto, de pulmão, de estômago, do colo do útero, da cavidade oral, do esôfago, leucemia, linfoma não Hodgkin, linfoma de Hodgkin, de tireoide, do sistema nervoso central, de bexiga, de ovário e de pele, este muito mais perceptível em estação do verão pelo aumento da exposição da pele ao sol.

 

A busca constante de exames de mama em mulheres nas clinicas especializadas tem ajudado a reduzir os casos graves, devido possibilitar o diagnóstico em estágio inicial da doença. Para os homens, novembro é o mês azul, com exames da próstata sendo disseminados e quebrando os preconceitos que  existiam sobre esse assunto.

 

O Hospital do Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci)  a partir de fevereiro de 2022 contará aos seus pacientes de zero a 18 anos a oportunidade de transplante de medula óssea pelo Sistema Único de Saúde (SUS), um procedimento inédito em Sorocaba. O anúncio feito pelo ministro da Saúde Marcelo Queiroga é o resultado do trabalho responsável do hospital no tratamento do câncer infantil.

 

O segundo tema deste dia 27 de novembro é referente ao Dia de Nossa Senhora das Graças. A capela da Medalha Milagrosa, em Paris, na França, leva milhares de pessoas para venerá-la. Estive lá na França visitando essa capela e realmente impressiona sentir a fé e devoção que envolve esse santo lugar inspirado pelas aparições de Nossa Senhora a Santa Catarina de Labourê e a revelação da medalha milagrosa. Na sala da minha casa há uma imagem de NS das Graças a qual sinto a presença divina da Mãe que ilumina nosso lar. E a medalha milagrosa veio junta na viagem de retorno a Sorocaba.

 

Sobre o Dia do Técnico de Segurança do Trabalho, quase esquecido nas comemorações do dia 27 de novembro, será lembrado na minha história com esses profissionais que salvam vidas nas empresas. Graças ao trabalho dos técnicos e engenheiros de segurança do trabalho, o uso dos Equipamentos de Proteção Individual- EPIs são utilizados corretamente em fábricas, indústrias ou milhares de empresas organizadas que contam com essa assessoria de proteção. Já trabalhei em empresas e convivi com engenheiros e técnicos de segurança, como o Jackson Luiz Mendes, Basilio Petri e Ivan José Paris, na Siderúrgica NS Aparecida. A equipe de técnicos de segurança, naquela época, sempre ficou na minha memória como verdadeiros anjos de guarda dos trabalhadores. E, em Votorantim, a empresa Task, do empresário Ricardo Peres é destaque na Dinamarca, no segmento da segurança do trabalho em altura.

 

Resta-nos finalizar pedindo a intercessão de NS das Graças aos doentes de câncer e aos técnicos de segurança que passam o dia em situações de risco de vida para buscar a subsistência de suas famílias e a proteção dos trabalhadores.

 

Vanderlei Testa (artigovanderleitesta@gmail.com) Jornalista e Publicitário escreve aos sábados no jornal Ipanema e em suas redes sociais.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara aprova convênio com Santa Casa para gestão da UPH da Zona Leste

Organizações de Sorocaba farão diversas atividades pelo Dia Internacional da Mulher

Dise prende responsável por abastecer penitenciárias com aparelhos de celular

Rússia anuncia primeira vacina contra a covid-19: " produto é ´eficaz´", diz Vladimir Putin

STF anuncia parceria com TSE em programa de combate à desinformação

Vereadores aprovam projeto que os desobrigam de comparecer às sessões na Câmara