Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Titular da Secom diz à CPI que Taty Pólis “estava à disposição das secretarias”

Postado em: 19/03/2019

Compartilhe esta notícia:

O titular da Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom), Eloy de Oliveira, disse, em oitiva à Comissão Parlamentar de Inquérito dos Falsos Serviços Voluntários da Câmara Municipal de Sorocaba (CPI), na tarde desta terça-feira (19), que a voluntária Tatiane Pólis “estava à disposição de todas as secretarias”, por isso ela acabou realizando serviços à pasta; porém, ressaltou à presidente Iara Bernardi (PT) “não ter solicitado nenhum voluntário à Secom”.

Conforme Eloy, Tatiane Pólis firmou um “termo de compromisso” com o gabinete do prefeito José Crespo (DEM) e que, como voluntária, “não há exigência escolar para atuar” no serviço público.

O titular da Secom frisou que a voluntária ajudava no programa ‘Fala Bairro’, com jornada diária de cinco horas. “A voluntária não tem a condição de dar ordens a alguém. Isso não acontecia”, disse Eloy aos vereadores.

Contrato de R$ 20 milhões

O responsável pela Secom informou não fiscalizar mais o contrato de publicidade, avaliado em R$ 20 milhões – com vigência de 24 meses – e nem assina mais as notas de pagamento. A transferência de gestão passou da Secom ao chefe de gabinete, Carlos Mendonça, por determinação de Crespo. “Prefiro não me manifestar com relação à transferência da prestação de contas do contrato”, alegou Eloy à Iara.

Mudanças

Sobre o remanejamento da Secom, que exonerou as funcionárias Mariana Campos e Adriana Massa, além de Felipe Pinheiro, Eloy informou que a saída deles foi, de acordo com o prefeito, “para reequilibrar as atividades das secretarias”.

Sobre o porquê houve a exoneração do coordenador de publicidade da Secom, Ricardo Mari, responsável pela fiscalização do contrato de R$ 20 milhões, Eloy disse que “preferia não se manifestar”. No entanto, sinalizou à CPI que “toda saída de funcionários prejudica o andamento dos trabalhos”.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Judiciário vê reação de Bolsonaro como temor de julgamento no TSE

Manga anuncia que irá aos EUA em busca de investimentos para Sorocaba

‘Não vamos abrir mão da volta às aulas’, diz secretário da Educação do Estado

Voto é opcional para eleitor com mais de 70 anos

Operação policial deixa ao menos 11 mortos na Vila Cruzeiro no Rio

Polícia Civil prende cinco suspeitos de integrar ‘gangue do rolex’