Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Suspeitos de assaltos ao Iguatemi e ao Catarina são presos em operação da Polícia Civil

Foto: reprodução
Postado em: 16/12/2021

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Civil de Sorocaba prendeu quatro suspeitos de participar dos assaltos ocorridos no Shopping Iguatemi Esplanada e no Catarina Fashion Outlet, ambos ocorridos em novembro. 


As prisões ocorreram nesta manhã de quinta-feira (16), dentro da Operação "Alerta", que é feita também por meio da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais).


Policiais de Sorocaba cumprem nesta quinta, na capital paulista, mandados de prisão e de busca e apreensão. 

São 8 mandados de prisão. Até agora 4 pessoas foram presas. No total, 74 policiais de Sorocaba e de São Paulo participam da operação.


A operação tem por finalidade dar cumprimento a mandados de prisão e buscas na capital, relacionados com roubos à joalherias instaladas em shoppings da capital e no interior, inclusive do Iguatemi Esplanada.


A Polícia Civil deve detalhar toda a ação e as prisões feitas em uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (17).


Assalto ao Shopping Iguatemi Esplanada

O assalto a uma joalheria do shopping Iguatemi Esplanada, em Sorocaba, no interior paulista, causou pânico entre clientes e lojistas na noite de 13 de novembro.

 

Imagens divulgadas em redes sociais mostram pessoas correndo pelos corredores do estabelecimento.

 

A ação dos bandidos ocorreu em uma noite de sábado. O grupo armado invadiu uma joalheria e levou vários objetos, entre eles, joias e relógios de luxo, levando mais de R$ 500 mil em produtos.


Pelo menos oito criminosos participaram do assalto. A quadrilha também levou duas armas e um colete do vigilante.


Houve troca de tiros com um profissional de segurança do shopping e um vigilante foi feito refém na entrada da loja e liberado na saída. Ninguém ficou ferido.

 
Assalto ao Catarina Fashion Outlet

Uma quadrilha de assaltantes invadiu o Catarina Fashion Outlet, no km 60 da rodovia Castello Branco, em São Roque, no interior paulista, e provocou pânico na noite de 29 de novembro, cerca de duas semanas após o ataque ao Iguatemi Esplanada. O grupo entrou em uma loja de roupas rendeu funcionários e levou mercadorias.


Houve perseguição policial e tiroteio após o assalto. Dois bandidos foram presos na data do crime. 


No shopping a céu aberto, clientes se jogaram no chão e correram para o interior das lojas com medo da ação da quadrilha. Alguns estabelecimentos do local fecharam as portas para evitar a invasão do grupo.


Vídeos que circulam nas redes sociais mostram a loja de roupas revirada e clientes assustados do lado de fora do shopping após o assalto, inclusive com barulho de tiros.

Funcionários e clientes ficaram trancados dentro de lojas e restaurantes por mais de uma hora enquanto a Polícia Militar fazia uma varredura no local.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vice-reitor da UNIP participa da live “Abrir caminhos cursando o Ensino Superior em 2022”

Mesmo sem casos de coronavírus, STF autoriza "home office" até 2021

Grupo armado rende motorista e ateia fogo em ônibus do BRT no Vitória Régia

Prefeitura de Sorocaba fecha 80 comércios de produtos não essenciais no centro

Witzel diz que impeachment é ação nacional para pulverizar oposição a Bolsonaro

José Maria Trindade: A Covid me pegou