Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba tem crescimento em investimentos e geração de empregos, segundo prefeitura

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 27/05/2021

Compartilhe esta notícia:

A cidade de Sorocaba fechou o primeiro quadrimestre deste ano com números positivos em diferentes indicadores, em comparação com o mesmo período do ano passado. Um exemplo disso é referente aos investimentos no município. Neste ano, foi formalizado o anúncio do valor de R$ 1,007 bilhão (um bilhão e sete milhões). Já, no mesmo período de 2020, Sorocaba recebeu R$ 51,5 milhões de investimentos. Mesmo no ano todo passado, esse valor chegou a R$ R$ 744,2 milhões.

 

O mercado de trabalho também apresenta desempenho positivo no período. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), já são 28.026 empregos gerados entre janeiro e abril, contra 22.382 desligamentos, indicando um saldo positivo de 5.644. Em 2020, no mesmo período, Sorocaba apresentou 28.866 empregos gerados, contra 32.647 vagas desligadas, apontando um saldo negativo de 4.781. O atual quadrimestre supera, ainda, a marca de todo o ano de 2020, que registrou 79.597 empregos gerados, de janeiro a dezembro, contra 79.089 desligamentos, apresentando um saldo positivo de 508. O resultado deste quadrimestre também é o melhor dos últimos 14 anos, segundo o Caged.

 

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur), Robson Coivo, enxerga com muito otimismo esses avanços, ainda mais no período de pandemia. “No cenário atual, é necessário muito trabalho para atração de novos investimentos e geração de novos empregos. Esperamos registrar mais meses com saldos positivos de empregos. Além disso, o clima e a confiança do setor empresarial na atual Administração têm contribuído para os investimentos na cidade”, afirma o secretário.


MEIs


Um levantamento feito pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur) mostra que, nos quatro primeiros meses de 2021, 3.927 MEIs (Microempreendedores Individuais) foram abertas na cidade, contra 3.182 no mesmo período de 2020, resultando 745 formalizações a mais.

 

Dados levantados pelo site da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), referentes a outras modalidades de empresas, Sorocaba apresenta aumento de 591 aberturas no primeiro quadrimestre do ano, em relação a 2020. Neste ano, foram realizadas 1.466 formalizações, sendo 1.223 microempresas; 218 empresas de pequeno porte e 123 empresas gerais. Já, no mesmo período de 2020, Sorocaba teve abertas 875 empresas, sendo 673 microempresas; 127 empresas de pequeno porte e 73 empresas gerais.

 

Desde 2009, ano em que o microempreendedor individual passou a ter formalidade jurídica em Sorocaba, a cidade apresenta um total de 57.701 aberturas dessa modalidade empresarial, de acordo com o portal do Governo Federal (gov.br/mei). Esse número coloca Sorocaba como a segunda cidade do interior do Estado que mais realiza abertura de MEIs entre aquelas com até 700 mil habitantes, atrás apenas de Ribeirão Preto, com 58.065 formalizações.

 

A posição de Sorocaba supera cidades do mesmo porte, como: São Bernardo do Campo (57.657); São José dos Campos (54.441); Osasco (53.366); Santo André (52.163) e São José do Rio Preto (40.679).

 

“Isso mostra que a cidade tem um grande potencial empreendedor para gerar renda de maneira criativa. São pessoas que se reinventam, planejam e fazem a diferença com números positivos, ajudando Sorocaba a crescer”, salienta o prefeito Rodrigo Manga.

 

Melhor desempenho em exportação

 

Neste ano, segundo dados do site comexstat.mdic.gov.br, do Ministério da Economia do Governo Federal, a cidade gerou US$ 380,59 milhões na participação das exportações, apontando um aumento de 27% em relação ao valor médio de 2020, que foi de US$ 298,44 milhões. Com isso, Sorocaba manteve a posição do ano passado, ficando em 9º no ranking das exportações no Estado de São Paulo e subiu do 46º para o 39º lugar no ranking das exportações no país.

 

Nas participações de importações, o site aponta, nos quatro primeiros meses de 2021, o valor de US$ 829,44 milhões, ante o valor médio de US$ 692,29, em 2020.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro sobrevoa áreas afetadas pelo ‘ciclone bomba’ em Santa Catarina

Procon orienta consumidores para as compras às vésperas de Natal

IBGE: desemprego atinge 14,1 milhões no trimestre encerrado em outubro

Saae inaugura nova sede com quase 5 mil metros quadrados nesta terça

Votorantim confirma mais 15 casos de Covid-19, entre eles dois óbitos

Saae/Sorocaba realiza manutenção preventiva em adutora que abastece o município