Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba recebe visita do ministro da Saúde e homologa transplante de medula óssea pela primeira vez na cidade

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 23/11/2021

Compartilhe esta notícia:

Pela primeira vez na história, Sorocaba contará com o serviço de transplante de medula óssea para atender a cidade e toda a região. A assistência será realizada no Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) e foi possível por meio da intermediação do deputado federal Capitão Derrite. A previsão é que o serviço de transplante seja iniciado a partir de 2022.

 

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (22) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que visitou a cidade acompanhado do prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, dos deputados federais Capitão Derrite e General Pertinelli e do superintendente estadual de São Paulo do Ministério da Saúde, José Carlos Paludeto.

 

Durante sua visita a Sorocaba, o ministro também almoçou com o prefeito e os principais gestores de Saúde do município e se colocou à disposição para ajudar no que for preciso. Entre os participantes do almoço, estiveram o presidente da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, Padre Flávio Miguel Júnior, e os diretores do grupo BOS (Banco de Olhos de Sorocaba), Sérgio Gabriel e Pascoal Martinez Munhoz.

 

Em seguida, o ministro e as demais autoridades foram até o Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) para conhecer a nova ala que realizará o transplante de médula óssea. Logo após, houve uma reunião com a presidente do GPACI, Maria Lúcia Neiva de Lima, a vice-presidente, Gláucia Blazeck, o diretor técnico, Dr. Gustavo Neves, o diretor clínico, Dr. Fábio Bernardes, e o administrador hospitalar, Ricardo Diacov, além do vereador Vinicius Aith. Na ocasião, foi solicitada ajuda ao ministro para aumento do teto MAC (Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade) para Oncologia do DRS XVI (Departamento Regional de Saúde), que contempla 48 cidades.

 

Ao final de sua visita, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, conheceu a APADAS (Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos de Sorocaba), que é um Centro de Referência na área da deficiência auditiva e atende mais de 20 mil crianças, jovens, adultos e idosos dos 48 municípios da região de Sorocaba. Na ocasião, a fundadora e fonoaudióloga da APADAS, Maria Angelina Nardi Martinez, pediu aumento de repasse à instituição, para ampliar o atendimento em toda a região.

 

“O presidente Bolsonaro me pediu para que desse uma atenção especial a Sorocaba. Nós sabemos sobre o excelente trabalho que o Prefeito Rodrigo Manga vem realizando em parceria com seus prestadores e parceiros da cidade na área da saúde. Hoje, credenciamos o transplante de medula óssea e vamos trabalhar para fazer nosso SUS cada vez mais forte”, destaca o ministro.

 

O prefeito Rodrigo Manga agradeceu a vinda do ministro e a importante parceria com o deputado federal Capitão Derrite. “O deputado Derrite tem sido um parceiro e um amigo da cidade de Sorocaba. Em nome da cidade, agradeço a sua visita e do ministro. Que a gente possa, juntos, fazer cada vez mais uma Sorocaba melhor e resgatar o orgulho do cidadão sorocabano”, enfatiza.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Posto de Atendimento ao Trabalhador retoma atendimento presencial na segunda-feira

Acidente entre dois veículos deixa trânsito lento na avenida Itavuvu

Prefeito em exercício, Fernando Dini protocola projeto que proíbe soltura de fogos com estampido

Fundec recebe inscrição para cursos de música até 26 de maio

Teles saem em defesa de participação da Huawei no 5G e pedem para ser ouvidas pelo governo

Venezuela diz que irá oferecer oxigênio ao Amazonas