Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba recebe visita do ministro da Saúde e homologa transplante de medula óssea pela primeira vez na cidade

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 23/11/2021

Compartilhe esta notícia:

Pela primeira vez na história, Sorocaba contará com o serviço de transplante de medula óssea para atender a cidade e toda a região. A assistência será realizada no Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) e foi possível por meio da intermediação do deputado federal Capitão Derrite. A previsão é que o serviço de transplante seja iniciado a partir de 2022.

 

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (22) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que visitou a cidade acompanhado do prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, dos deputados federais Capitão Derrite e General Pertinelli e do superintendente estadual de São Paulo do Ministério da Saúde, José Carlos Paludeto.

 

Durante sua visita a Sorocaba, o ministro também almoçou com o prefeito e os principais gestores de Saúde do município e se colocou à disposição para ajudar no que for preciso. Entre os participantes do almoço, estiveram o presidente da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, Padre Flávio Miguel Júnior, e os diretores do grupo BOS (Banco de Olhos de Sorocaba), Sérgio Gabriel e Pascoal Martinez Munhoz.

 

Em seguida, o ministro e as demais autoridades foram até o Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) para conhecer a nova ala que realizará o transplante de médula óssea. Logo após, houve uma reunião com a presidente do GPACI, Maria Lúcia Neiva de Lima, a vice-presidente, Gláucia Blazeck, o diretor técnico, Dr. Gustavo Neves, o diretor clínico, Dr. Fábio Bernardes, e o administrador hospitalar, Ricardo Diacov, além do vereador Vinicius Aith. Na ocasião, foi solicitada ajuda ao ministro para aumento do teto MAC (Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade) para Oncologia do DRS XVI (Departamento Regional de Saúde), que contempla 48 cidades.

 

Ao final de sua visita, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, conheceu a APADAS (Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos de Sorocaba), que é um Centro de Referência na área da deficiência auditiva e atende mais de 20 mil crianças, jovens, adultos e idosos dos 48 municípios da região de Sorocaba. Na ocasião, a fundadora e fonoaudióloga da APADAS, Maria Angelina Nardi Martinez, pediu aumento de repasse à instituição, para ampliar o atendimento em toda a região.

 

“O presidente Bolsonaro me pediu para que desse uma atenção especial a Sorocaba. Nós sabemos sobre o excelente trabalho que o Prefeito Rodrigo Manga vem realizando em parceria com seus prestadores e parceiros da cidade na área da saúde. Hoje, credenciamos o transplante de medula óssea e vamos trabalhar para fazer nosso SUS cada vez mais forte”, destaca o ministro.

 

O prefeito Rodrigo Manga agradeceu a vinda do ministro e a importante parceria com o deputado federal Capitão Derrite. “O deputado Derrite tem sido um parceiro e um amigo da cidade de Sorocaba. Em nome da cidade, agradeço a sua visita e do ministro. Que a gente possa, juntos, fazer cada vez mais uma Sorocaba melhor e resgatar o orgulho do cidadão sorocabano”, enfatiza.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Doria vem a Sorocaba e inaugura primeira Delegacia da Mulher 24 horas de SP

Congresso pode votar proposta de Orçamento nesta terça, com salário mínimo de R$ 1.031

19 pessoas estão na fila aguardando leito covid-19 na Santa Casa de Sorocaba

Prefeitura recupera R$ 18,2 mi em Dívida Ativa por meio envio a Cartório de Protesto

Colisão entre carro e caminhonete deixa 7 feridos na Raposo Tavares

Homem de 53 anos ‘engole’ cheque furtado após tentar gastar R$ 1,3 mil em loja