Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Senado pode sabatinar Kassio Nunes para o STF ainda em outubro; Eduardo Braga deve ser o relator

Jovem Pan News
Postado em: 03/10/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O Senado começa a se mobilizar para avaliar a indicação do desembargador Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal. Para ingressar na Corte, ele precisa ser aprovado pela Casa. O processo passa primeiro pela Comissão de Constituição e Justiça e depois, pelo plenário. O plano da base governista é cumprir o trâmite da forma mais rápida possível. Mas a presidente da CCJ, senadora Simone Tebet, só pretende marcar a sabatina do indicado após a aposentadoria do ministro Celso de Mello, prevista para o dia 13.

O relator da nomeação, também escolhido por Tebet, pode sair na semana que vem. Um dos cotados é o líder do MDB, senador Eduardo Braga. Kassio Nunes já começou a se apresentar aos senadores. O vice-líder do governo, senador Izalci Lucas, conversou com ele na última sexta e disse que vai levar o nome à bancada do partido. Izalci disse que aprova o nome do desembargador. A maioria dos senadores vê pouca resistência ao nome dele. A tendência inicial é que ele seja aprovado sem maiores dificuldades.

Porém, alguns membros da Casa veem a indicação com ressalvas, questionando o fato de o desembargador ter ligação com políticos do centrão. O senador Major Olímpio também critica a ida do presidente Jair Bolsonaro à casa do ministro Gilmar Mendes, junto ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para acertar a escolha do futuro ministro. A indicação do desembargador foi bem recebida pela Ajufe, a Associação dos Juízes Federais. O presidente da entidade, Eduardo André Brandão, elogiou a escolha.

*Com informações do repórter Levy Guimarães

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Policial desarmado reage a assalto e morre após ser baleado por bandidos

Em nova acusação contra guru da meditação, mais quatro mulheres citam abusos

Linha telefônica do Centro de Referência em Educação está oscilando

Polícia fecha fábrica clandestina que fazia linguiça com carne de cães e gatos

Vereadores definem comissões durante primeira sessão de 2019

Governo antecipa abono salarial para nascidos em maio e junho