Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Saúde vai elaborar protocolo de segurança para a Copa América

Foto: Agência Brasil
Postado em: 02/06/2021

Compartilhe esta notícia:

O Ministério da Saúde informou que vai elaborar um protocolo de segurança para a realização da Copa América no Brasil. Segundo o ministro Marcelo Queiroga, o protocolo será elaborado em parceria com as autoridades sanitárias dos estados onde ocorrerão os jogos.

 

As informações são da Agência Brasil.

 

“Seguindo as recomendações de vossa excelência [presidente da República], o Ministério da Saúde elaborará, em parceria com as autoridades sanitárias dos estados onde acontecerão os jogos, um protocolo para promover a segurança dos atletas, comissão técnica e quem acompanha a nossa Copa América”, disse Queiroga.

 

O Brasil foi confirmado hoje (1º) como sede da Copa América, em um anúncio  do ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos. No anúncio, Ramos disse que “venceu a coerência”, argumentando que o país já recebe jogos da Copa Libertadores, da Copa Sul Americana, do Campeonato Brasileiro e dos campeonatos estaduais. O Brasil atendeu a um pedido da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para receber o torneio. A Copa América terá início no dia 13 e vai até 10 de julho.

 

As sedes originais do torneio eram Colômbia e Argentina. Os colombianos desistiram devido à grave crise social que tomou conta do país. Posteriormente, o governo argentino também desistiu do evento por causa da piora da pandemia na Argentina. Com aproximadamente 45 milhões de habitantes, a Argentina registrou mais de 3,6 milhões de casos da doença e 76 mil mortes causadas pelo vírus.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro nega tentativa de contato com Biden e reafirma alinhamento a Trump

STJ mantém afastamento de Wilson Witzel do governo do Rio

Greve de motoristas em Sorocaba está mantida para esta tarde de quinta, informa sindicato

Falsa corretora de aluguel de imóveis é presa em Sorocaba

Secretaria da Saúde realizou reunião emergencial com médicos cubanos

Polícia Civil lança editais para contratação de 2,5 mil escrivães e investigadores