23 de Fevereiro de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Região de Sorocaba tem menor taxa móvel de homicídios registrada nos últimos 22 anos

Foto: Divulgação/SSP
Postado em: 06/01/2023

Compartilhe esta notícia:

Segundo estatísticas publicadas pela Secretária de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo no dia 26 de dezembro de 2022, a região de Sorocaba teve a menor taxa móvel de homicídio dos últimos 22 anos.

 


A análise dos dados criminais usa como referência o mês de novembro e os onze primeiros meses de 2019, primeiro ano pré-pandemia em que não houve restrição da circulação das pessoas. Nos últimos dois anos, São Paulo viveu um período de grande isolamento social, causado pela pandemia do coronavírus e que impactou diretamente na dinâmica criminal. Em 2020, a média de pessoas que permaneciam em suas casas, medida pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), foi de 45%. Já em 2021, o número ficou em 42%. O índice de isolamento social, amplamente divulgado nos dois anos, foi calculado pelo IPT com base em informações sobre a movimentação de celulares, fornecidas pelas prestadoras de serviços de telecomunicação.

 

A região apresentou a menor taxa móvel de homicídios, considerando o período de dezembro de 2021 a novembro de 2022, com 5,03 casos para cada 100 mil habitantes. Com este número, os registros de homicídios caíram de 22 casos para 11 no mês. No acumulado do ano, a redução foi de 3,2%, de 154 para 149 boletins.

 

 

PRODUTIVIDADE

O trabalho das polícias paulistas na região de Sorocaba, no mês de novembro, resultou em 1.153 prisões e apreensões, além da retirada de 40 armas de fogo ilegais das ruas. Também foram registrados 225 flagrantes por tráfico de entorpecentes e 85 veículos apreendidos. No mês, também foram apreendidas 3 toneladas de drogas na região.      


 

OPERAÇÃO SUFOCO

A redução dos indicadores criminais é resultado da Operação Sufoco, que dobrou o número de policiais nas ruas da capital, a partir de maio, por meio de diárias extras. Posteriormente, a operação foi expandida para todo o estado, com reforço do policiamento, integrando policiais civis, militares e guardas municipais.


Nos primeiros 232 dias, completados no último dia 21, mais de 5,1 mil veículos foram recuperados e outros 1,7 milhão vistoriados. Além disso, 27,8 mil pessoas foram presas ou apreendidas, por mandado ou em flagrante. Durante a Operação Sufoco, as polícias apreenderam mais de R$ 1 milhão e recuperaram 6,4 mil celulares furtados ou roubados.

 

Dados estatísticos

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Guarda Municipal impede furto em creche na Zona Oeste

Fecomércio e Liesa criam programa de reciclagem para o carnaval

Prefeitura corta em 50% valor para entidades gestoras de creches; vereadores atacam governo

Maradona não consumiu drogas ou álcool dias antes de morrer

Moradores denunciam furtos de cabos de energia em casas na Zona Oeste

Urbes diz que transporte especial tem 121 pessoas na fila de espera e ônibus com 17 anos de uso