Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Programa “Adote uma Praça” tem mais uma adesão e chega ao fim de 2020 com 12 termos assinados

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 28/12/2020

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), assinou na última terça-feira (22) mais um termo de cooperação do programa “Adote uma Praça”, totalizando 12 espaços públicos adotados em 2020. Desta vez, a 15 Coffee Company aderiu à iniciativa municipal e comprometeu-se a cuidar da Praça Francisco Aguilera, localizada na Rua Visconde de Cairú, na Vila Independência. Já desde agosto de 2020, quando a prefeita Jaqueline Coutinho assumiu o Executivo, foram 25 espaços públicos adotados na cidade.

 

Coordenado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Sema, o programa foi criado pela lei municipal nº 5.172, de 13 de agosto de 1996, e permite que cidadãos, assim como indústrias, estabelecimentos comerciais, igrejas, condomínios e outras organizações da sociedade civil, ajudem o poder público a manter praças, parques, canteiros centrais, áreas verdes e sistemas de lazer da cidade em perfeita condição de uso da população.

 

Em outubro de 2019, foi publicado o decreto municipal nº 25.208, de 10 de outubro de 2019, que regulamentou o programa, com regras mais simples para a adesão. O “Adote uma Praça” é um ganho para todos, inclusive para o empresário, pois envolve a questão da responsabilidade social. Além de valorizar a empresa, a escola ou a associação do bairro, o programa ainda contribui para o embelezamento da cidade e o incremento da qualidade de vida.

 

Entre os espaços públicos adotados estão: Praça Francisco Neves (Campolim), área pública da Avenida Antonio Carlos Comitre, ao lado do número 1.120 (Campolim), área pública da Rua Demercindo Alves da Silva, 250 (Jardim Gonçalves), Praça Marcia Lucia de Oliveira (Jardim Maria do Carmo), Parque Kasato Maru (Jardim Faculdade), Praça Clotilde Marçal (Jardim Paulistano), Jardineiras do Jardim Bandeirantes, Praça da Bandeira, Praça Cruzeiro do Sul (Alto da Boa Vista), Praça Profa. Isabel Maria Prestes Nogueira Ribeiro (Campolim), Praça Santa Beatriz da Silva de Menezes (Jardim Vera Cruz) e Praça Heloísa Helena Pereira (Jardim do Paço).

 

Também já foram adotados os seguintes espaços públicos: Praça da Maçonaria (Jardim Paulistano), Praça Arthur Fajardo (Centro), Rua Horácio Cenci – área verde entre o nº 668 e o portão/SAAE (Campolim), Praça “José Francisco Crespo” na Rua Indianápolis (em frente à Praça da Maçonaria), Praça na Rua Oswaldo Cruz s/n° com a Rua Aimorés (Vila Progresso), Praças das Alamedas Torino, Treviso e Perugia (Jd. Villagio Milano), área pública na Avenida São Paulo, 1.536, área verde no entorno do Jardim Residencial Vila Amato, canteiro da Rua Hércules Franceschini c/ Rua Flor do Carvalho (Éden), área pública da Rua Luiz Alberto Metidieri, s/n° (Aparecidinha), Praça Largo do Divino Espírito Santo, área pública da Rua Octaviano Gozzano, altura do n° 325 (Campolim), área pública da Rua Luiz Gabriotti, esquina com a Rua Edésio Gomes (Wanel Ville) e a Praça “Francisco Aguilera” (Vila Independência).

 

Como funciona

 

O interessado que adotar o espaço público, por meio de um Termo de Convênio, assume o compromisso de cuidar do espaço, mantendo-o constantemente limpos gramados, canteiros, bancos, passarelas e caminhos pertencentes à área adotada; além de realizar controle de plantas daninhas e demais espécies infestantes.

 

Em troca, terá direito, se desejar, de instalar uma ou mais placas de identificação da adoção do espaço público; colocar informe publicitário em bancos, lixeiras, playground e academia ao ar livre; urbanizar e decorar o espaço apresentado no projeto, com instalação de dispositivos para exploração publicitária (totens com propaganda), mesas, cadeiras, banquetas, luminárias, pisos de material de fácil remoção, guarda-sol (ombrelones), tendas, aquecedores e demais equipamentos autorizados no projeto; e realizar eventos relacionados ao termo de convênio firmado, desde que previamente analisado e autorizado pela Prefeitura.

 

Para participar do programa e adotar um espaço público, o interessado deve apresentar um ofício à Secretaria do Meio Ambiente, com os documentos solicitados, como cópia do RG e CPF, cópia do comprovante de endereço (se pessoa física), uma carta de intenção, e croquis de localização do espaço público e fotos do local, além da proposta.

 

As legislações e todos os modelos de ofício, carta de intenção e proposta podem ser conferidos no site da Sema: http://meioambiente.sorocaba.sp.gov.br/adoteumapraca/. Toda a documentação deve ser enviada para o e-mail adoteumapraca@sorocaba.sp.gov.br.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro veta projeto que adiava prazo de entrega da Declaração do IR

Palestras "Luto na pandemia" serão transmitidas ao vivo pelo Youtube; veja as datas

Operação contra aglomerações e pancadões prende três em Sorocaba

Sorocaba é alvo de operação da PF em combate a fraudes do Auxílio Emergencial

Vendedor tem mercadorias apreendidas pela equipe da fiscalização da Prefeitura

Fase restrita de pagamentos pelo Pix começa nesta terça-feira