Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeitura de Sorocaba é parceira no projeto do Laboratório de Inovação da Câmara Municipal

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 19/11/2021

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba prestigiou, nesta quinta-feira (18), o ato de instalação do Laboratório de Inovação (LabLeg) da Câmara Municipal, que ocorreu durante sessão ordinária do Legislativo local. A iniciativa, que conta com a parceria da Secretaria de Comunicação (Secom), por meio de um intercâmbio de troca de conhecimentos e experiências, tem como objetivo fomentar a cultura de inovação, estimulando a participação popular e a transparência pública.

 

O prefeito Rodrigo Manga e os secretários municipais Luiz Henrique Galvão (Relações Institucionais e Metropolitanas – Serim), Fernanda Burattini (Comunicação – Secom), Cleber Fernandes (Recursos Humanos – Serh) e Clayton Lustosa (Cidadania – Secid) participaram da cerimônia, comandada pelo presidente da Câmara, Cláudio Sorocaba, e que contou ainda com a presença dos vereadores João Donizeti, Luis Santos, Fábio Simoa, Dylan Dantas, Cristiano Passos, Vitão do Cachorrão, Silvano Júnior, Cícero João, Fernanda Garcia, Fausto Peres, Iara Bernardi, Rodrigo do Treviso, Salathiel Hergezel e Francisco França, do diretor da Agência Metropolitana de Sorocaba, Anselmo Neto, do diretor da Fatec Sorocaba, Luiz Carlos Rosa, e de representantes de conselhos municipais, coletivos e entidades da cidade, além do secretário de Comunicação Institucional da Câmara, Fábio Mascarenhas, do diretor da Escola do Legislativo, Anderson Santos, e dos servidores que participaram voluntariamente da criação do LabLeg: Paulo Marquez, que é diretor do LabLeg,  Bruno Valsechi, Marcelo Araújo, Roberta dos Santos Veiga e Fernando Bellinassi.

 

“Quando se trata da busca pela inovação, sem dúvida, significa facilitar a vida da população, e fazer isso com excelência é uma característica da Câmara Municipal. Parabéns ao Legislativo por mais essa iniciativa pioneira”, destacou o prefeito Rodrigo Manga. A Câmara de Sorocaba anunciou que é a primeira no País a implementar um laboratório de fomento à inovação.

 

O LabLeg tem a finalidade de interação com públicos estratégicos do Legislativo, fomentando uma participação efetiva de toda a comunidade e gerando ações que irão impactar em um melhor serviço prestado à comunidade.

 

A iniciativa contará com a colaboração de parlamentares e servidores da Câmara, como, por exemplo, na realização de oficinas, pesquisas e projetos. Segundo o diretor do LabLeg, Paulo Marquez, “o laboratório incentivará a participação colaborativa, inovadora e sustentável”, envolvendo também diversas instituições”.

 

“A Secom, da Prefeitura de Sorocaba, e a Agência Regional Metropolitana são os dois primeiros parceiros do LabLeg, em um intercâmbio de ações, experiências profissionais e atividades que atendam, tanto ao Legislativo, quanto ao Executivo e no apoio ao planejamento de iniciativas para o desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba”, complementou o secretário de Comunicação Institucional da Câmara, Fábio Mascarenhas.

 

“A Câmara Municipal tem sido uma importante parceira da Secretaria de Comunicação da Prefeitura em muitos projetos e o LabLeg será mais uma excelente oportunidade de troca de conhecimento e experiência entre os Poderes em suas ações de comunicação em benefício da população”, comentou a secretária de Comunicação, Fernanda Burattini.

 

O presidente da Casa, vereador Cláudio Sorocaba, pouco antes de descerrar a placa de lançamento do LabLeg, junto com o prefeito e demais autoridades, ressaltou que o novo laboratório buscará otimizar a gestão e a transparência a serviço dos cidadãos. “O Laboratório de Inovação é resultado de um grande trabalho em equipe, de jovens que atuam aqui, na Câmara, e têm muito a colaborar, sempre com o apoio de todos os vereadores”, disse.

 

O Laboratório de Inovação da Câmara Municipal foi criado pela Resolução nº 495, de 30 de setembro de 2021. Ele será composto por quatro produtos: o “Ideia-X”, que incentiva a participação colaborativa dos servidores e colaboradores do Parlamento; o “Participe”, um espaço de ocupação do cidadão; o “Aproxima”, que trabalha com uma programação proativa da TV Câmara e Rádio Câmara; e o “Ciclos”, de autoavaliação e renovação do próprio laboratório.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sorocaba pode ficar sem "metade" do transporte público a partir de agosto; STU já dispensa motoristas

Promotoria de MG denuncia ex-presidente da Vale e 15 pessoas por homicídio doloso em Brumadinho

Avaliado em R$ 1,2 bilhão, novo prédio do TJ de São Paulo cria mal-estar em tribunal

Guias e calçadas do novo acesso à avenida Dom Aguirre, em Santa Rosália, são concretados

1400 funcionários do trânsito e transporte foram testados para Covid-19; resultados ainda não saíram

Vacinas Oxford/AstraZeneca já estão com Ministério da Saúde