Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeitura apura denúncia da Jovem Pan de quase cinco mil frascos de álcool em gel vencidos

Foto: Divulgação/Secom
Postado em: 05/01/2021

Compartilhe esta notícia:

Após tomar conhecimento, por meio de denúncia da Rádio Jovem Pan, a nova gestão da Prefeitura Municipal verificou a existência de quase 5 mil frascos de álcool em gel e 100 mil máscaras estocadas no Almoxarifado de Bens Permanentes.

 

Essas informações não foram informadas à equipe de transição de governo.

 

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), determinou, logo no início da manhã desta terça-feira (5), a apuração dos fatos e que todas as providências sejam tomadas.

 

As informações já levantadas dão conta de que todos os produtos são fruto de doações feitas por empresas privadas à Prefeitura, em 2020, em razão da pandemia da Covid-19. No total, exatos 4.268 frascos de álcool em gel e 99.398 protetores faciais comuns estão estocados no Almoxarifado.

 

Os frascos de em gel estão fora do prazo de validade, vencidos desde novembro do ano passado.

 

Uma das medidas que está sendo tomada pela Secretaria da Saúde é entrar em contato com o fabricante do álcool em gel para verificar se há uma margem de tolerância no prazo de validade para que o produto mantenha suas propriedades. Caso sim, os produtos serão destinados imediatamente para uso, principalmente pelas equipes da SES. Caso contrário, será avaliada a possibilidade de descarte ou uso para higienização de limpeza em objetos sem contato humano.

 

“Em relação às máscaras, elas são protetores faciais comuns e estão passando por um levantamento técnico do grau de proteção para que possam ser disponibilizadas para os servidores administrativos  e se possível, de forma legal, aos que trabalham na parte assistencial de saúde”, explica o secretário da Saúde, Vinicius Rodrigues.

 

“Isso é mais um absurdo que encontramos deixado pela antiga gestão da Prefeitura. E essas informações foram ocultadas da equipe de transição do atual governo. Esses itens poderiam ter sido usados em benefício da população e dos servidores”, destacou o prefeito, Rodrigo Manga.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MEC dá aval e confirma implantação da Escola Cívico-Militar em Sorocaba

Saae conclui obras na rede de água das regiões Oeste e Industrial

Sorocaba ultrapassa os 22 mil recuperados da Covid-19

Gás de cozinha representa 9,4% do salário mínimo e atinge maior média mensal do século

84% das operações com Pix são entre pessoas, diz Banco Central

1º Seminário da Região Metropolitana de Sorocaba de Combate e Prevenção à Obesidade Infantil acontece em 5 de abril