Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Posse de Kassio Nunes Marques no STF será no dia 5 de novembro

Foto: Samuel Figueira/Proforme
Postado em: 23/10/2020

Compartilhe esta notícia:

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para 5 de novembro, às 16h, a posse do desembargador Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), no cargo de ministro da Corte. A data foi definida no início da noite após reunião entre o novo ministro e o presidente, ministro Luiz Fux. A cerimônia será “estritamente virtual”, segundo o tribunal. 

 

As informações são da Agência Brasil.

 

Kassio foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga deixada pelo ministro Celso de Mello, que se aposentou. O desembargador tem 48 anos de idade. Natural de Teresina (PI), Kassio foi advogado por cerca de 15 anos e integrou os quadros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ele também foi juiz no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí.

 

Anteontem (21), o plenário do Senado aprovou a indicação por 57 votos a 10 e uma abstenção. Antes da votação, durante a sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o magistrado se definiu com perfil “garantista”. Para ele, o chamado "garantismo judicial" significa a aplicação da lei e da Constituição e não pode ser confundido com leniência.  

 

“Sim, eu tenho esse perfil. O garantismo deve ser exaltado porque todos os brasileiros merecem o direito de defesa. Todos os brasileiros, para chegarem a uma condenação, precisam passar por um devido processo legal. E isso é o perfil do garantismo, que, de certa forma, pode estar sendo interpretado de uma forma diferente, inclusive com esse instituto do textualismo e o originalismo”, argumentou. 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Estudo indica que refluxo gastroesofágico pode aumentar o risco de morte por COVID-19

A partir desta terça-feira (2) eleitores só podem ser presos em casos especiais

Cinco pessoas da mesma família são presas sob suspeita de espancar e matar criança

Poupatempo Votorantim é inaugurado nesta quarta-feira

Bolsonaro cita suspeitas de ingerência externa nas eleições dos EUA

Desembargador derruba liminar e regras que tiraram proteção de manguezais e restingas voltam a valer