23 de Junho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Polícia prende mãe suspeita de oferecer a filha de 7 anos para sexo em troca de drogas

Foto: Divulgação/PM
Postado em: 26/01/2023

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão temporária contra uma mulher de 32 anos, suspeita de acobertar a exploração sexual a própria filha de 7 anos em troca drogas, nessa quarta-feira (25), em Avaré.

 

 

A ação ocorreu depois que a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Avaré, responsável pela investigação, solicitou ao Poder Judiciário mandados de prisão contra a genitora e o homem, com idade entre 50 e 70 anos, suspeito de abusar da menor.

 

 

A prisão é temporária, válida por 30 dias, e pode ser renovada por igual período no interesse da investigação. A mulher será indiciada pelo crime, passará por audiência de custódia e depois será removida para a Cadeia Pública de Cesário Lange.

 

 

Segundo a investigação, a mulher disse que deixou a cidade com medo de ser agredida e foi para Taguaí, onde ficou na casa de uma parente. No município acabou se apresentando na Delegacia da cidade para depois ser removida para Avaré.

 

 

O caso foi registrado pelo pai da criança na segunda-feira (23) no Plantão de Avaré. Ele é separado da acusada e declarou que a família tomou conhecimento do crime depois que a menina contou a uma tia o que vinha sofrendo.

 

 

De acordo com o depoimento de testemunhas, a exploração sexual da criança era frequente. Os crimes aconteciam em um imóvel onde residiam a menor e a mãe dela. O suspeito está com a prisão temporária decretada. Ele está sendo procurado pela Polícia.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prazo para adesão ao parcelamento de dívidas em Sorocaba vai até 30 de junho

Procon Sorocaba orienta consumidor para compras na Black Friday

Vagas rotativas da Zona Azul estão em operação

Após lesão em amistoso da seleção, Neymar é cortado da Copa América

Aluna negra da UFSCar é vítima de ameaças e racismo dentro do campus

Vídeo mostra menino autista sendo perseguido e puxado por homem preso por torturá-lo