Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Polícia Federal investiga invasão e destruição de urnas em escola

Postado em: 28/10/2018

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Federal vai investigar um ato de vandalismo que ocorreu na Escola Estadual Humberto de Campos, em Sorocaba. No local, foram destruídas urnas eletrônicas que estavam prontas para o 2º turno das eleições. Os vândalos deixaram um bilhete com a frase: “Todo vcs vau pro inferno (sic)”.

width=692

De acordo com informações da Guarda Civil Municipal (GCM), um homem foi visto pulando o muro da unidade de ensino na noite de sábado (27). A equipe atirou contra o suspeito, mas ele conseguiu fugir.

Cerca de 15 urnas eletrônicas foram destruídas e tiveram de ser substituídas. Os vândalos arrombaram as salas e quebraram portas. Além disso, vários documentos que seriam usados pelos mesários também foram danificados e espalhados nas salas da 17ª seção da 271ª Zona Eleitoral.

Todo o material danificado foi recolhido e encaminhado ao cartório eleitoral. A votação no local segue normalmente. O caso segue em investigação

Outro caso

Na Escola Estadual Professor Flávio Gagliardi, no Jardim Saira, vândalos invadiram o local e cortaram a fiação elétrica da unidade de ensino.

Embora os estragos, a ação não prejudicou a votação, as urnas possuem bateria interna com autonomia para funcionar por oito horas.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura abre inscrição para nova etapa do Mutirão de Castração na região do Pq Vitória Régia

Equipe escolar realiza projeto de partilha com ovo de páscoa gigante em CEI

Bolsonaro pausa entrevista no Supremo e pede para jornalistas rezarem pai-nosso

Sorocaba registra cinco mortes por Covid-19; 109 seguem internados em UTIs

Morre aos 85 o ator Tarcísio Meira, por complicações da covid-19

Caso Arthur do Val é mais chocante que o de Cury, diz provável relator do processo