Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Polícia Civil divulga foto de suspeito de ter matado Heloá; jovem teve prisão temporária decretada

Postado em: 22/12/2019

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Civil de Piedade divulgou foto do suspeito de ter matado a menina Heloá Pereira. Elivelton Santos Furtado, de 22 anos, teve a prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça.

Ele morava vizinho da vítima e está foragido. Conforme informações da polícia, o suspeito é usuário de drogas e tem antecedentes criminais por furto. No dia do desaparecimento, o suspeito ajudou nas buscas. 

À mãe, o jovem teria dito que tinha feito "algo muito feio e ela iria saber", em seguida pegou uma faca e sumiu.  Ainda de acordo com a mãe , o cobertor encontrado junto com o corpo pertencia ao filho. 

Helóa foi jogada dentro de uma fossa desativada, enrolada num lençol e cobertor. O corpo apresentava várias perfurações de cortes pelo corpo.  A mão esquerda tinham cortes,  sinais  que ela tentou se defender da agressão.

O corpo da menina foi removido da fossa na madrugada de sábado (21), pelo Corpo de Bombeiros. Ela estava de camiseta. A calcinha e a calça dela estavam ao lado do corpo. 

O desaparecimento

Heloá  Pereira desapareceu da casa onde mora, em Piedade na manhã de quinta-feira (19). Conforme informações da policia, o pai deixou a menina dormindo sozinha por aproximadamente meia hora, quando retornou, ela já não estava mais no imóvel. 

No boletim de ocorrência, o pai, que é motorista, disse que foi buscar o caminhão e deixou Heloá Pereira dormindo, na casa onde moram na Vila Eraldino, área rural da cidade.

A menina morava com o pai e um irmão na casa em Piedade. A mãe dela morreu no ano passado.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Clientes podem fazer portabilidade do consignado por aplicativo

‘CPI da Taty Polis’ ouve funcionários ligados a publicidade milionária nesta 3ª

Ex-prefeita Jaqueline Coutinho depõe à CPI sobre compra de R$ 30 milhões em livros

Com licitação cancelada, Prefeitura dará R$ 215 para famílias comprarem uniforme escolar na capital

Vereador contesta aprovação de PL dos Rodeios e diz que Regimento Interno não foi respeitado

13 dias após "promessa", Prefeitura e Câmara ainda não apresentaram projetos para reduzir salários