Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Policia Civil flagra 300 pessoas aglomeradas em casa de luxo em Campos do Jordão

Foto: divulgação/SSP
Postado em: 07/06/2021

Compartilhe esta notícia:

Policiais das Delegacias Especializadas de Investigações Criminais (DEIC) de Taubaté e São José dos Campos, em apoio ao Departamento de Posturas e Administração Geral do município de Campos de Jordão, flagraram 300 pessoas aglomeradas em uma casa de alto padrão na noite de sexta-feira (4), na Vila Inglesa, em Campos do Jordão.


Durante ações de apoio a fiscalizações para coibir as atividades com aglomerações de pessoas, os policiais receberam uma denúncia anônima sobre uma festa clandestina que ocorria no endereço, onde todos os convidados estavam sem máscara e sem distanciamento.


A equipe encerrou o evento. Um segurança e uma DJ foram encaminhados para a Delegacia de Campos do Jordão, onde a ocorrência foi registrada como infração de medida sanitária preventiva. As investigações agora seguem para identificar o proprietário da casa e o responsável pelo evento.


Durante a noite de sexta-feira, os agentes também encerraram outras quatro festas particulares que ocorriam em Campos de Jordão. As polícias Civil e Militar prosseguem com as diligências na região para garantir a segurança da população.

 

Ações de fiscalização


Balanço da Polícia Militar nas ações da Força-Tarefa do Governo de São Paulo aponta 2.570 registros de dispersão e 167 de aglomeração em todo o estado durante o último toque de recolher, das 21h de sexta às 5h de sábado. Somente na capital, houve 402 dispersões e 58 aglomerações coibidas por policiais. A PM ainda deu apoio a 30 ações de fiscalização de órgãos da Saúde e do Procon, sendo cinco na capital.


O combate a infrações do Plano São Paulo aos finais de semana foi intensificado desde fevereiro pelo Governo do Estado, em parceria com os órgãos de fiscalização das 645 prefeituras paulistas. A iniciativa cumpre recomendação de especialistas do Centro de Contingência do coronavírus para reduzir a velocidade de contágio, principalmente entre os mais jovens.

 

Comitê de Blitze


Criado no dia 12 de março, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o Comitê de Blitze tem como objetivo reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas da fase emergencial e evitar a propagação do coronavírus.


Integram o Comitê agentes da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo. Pelo Governo do Estado, atuam profissionais da Vigilância Sanitária, Procon e das polícias Civil e Militar.


Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br, do Centro de Vigilância Sanitária.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro pediu faca nos dentes contra a esquerda, diz ex-ministro Vélez em livro

Presidente da Caixa ‘ameaça’ corintiano: ‘vai ficar sem estádio’

TSE encerra coleta de provas em ação sobre disparos em massa que pode cassar chapa de Bolsonaro

Motoristas e entregadores de aplicativos dizem que greve atinge 17 cidades

Bolsonaro nomeia general Pazuello para atuar em secretaria vinculada à Presidência

Crespo anuncia a contratação de 50 auxiliares de Educação infantil