16 de Junho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

PF cumpre mandados de prisão contra foragidos dos ataques do 8/1

Agência Brasil
Postado em: 06/06/2024

Compartilhe esta notícia:

MARIANA BRASIL - FOLHAPRESS


A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (6) mandados de prisão preventiva, expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal), para capturar foragidos da Operação Lesa Pátria, criada para identificar pessoas que financiaram e fomentaram os ataques do 8 de janeiro de 2023.

Os mandados foram expedidos em 18 estados e no Distrito Federal. Em maio deste ano, a PF já havia iniciado as buscas a suspeitos de financiar o transporte de ônibus para pessoas que participaram do ataque.

Ao longo de 27 fases, a Operação Lesa Pátria realizou centenas de prisões em face de vândalos, financiadores, autoridades omissas e incitadores dos crimes realizados no inicio do ano passado.

Mais de duas centenas de réus, deliberadamente, descumpriram medidas cautelares judiciais ou ainda fugiram para outros países, com o objetivo de fugir das penas.

Até o momento, 38 pessoas foram presas nos estados do Espírito Santo, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Paraná e no DF. A Polícia continua no processo de localizar e capturar outros 170 condenados ou investigados considerados foragidos.

As investigações continuam em curso, e a Operação Lesa Pátria é permanente, com atualizações periódicas sobre o número de mandados cumpridos e pessoas capturadas.

A operação tem quatro frentes de investigação abertas após os ataques. Uma delas mira os possíveis autores intelectuais, parte que apura ações de envolvimento do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no caso. Outra tem como objetivo mapear financiadores e responsáveis pela logística do acampamento e transporte de bolsonaristas para Brasília.

O terceiro foco da investigação PF são os vândalos. Os investigadores buscaram identificar e individualizar a conduta de cada um dos envolvidos na depredação dos prédios da capital federal, que acabaram denunciados pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

A quarta linha de apuração avança sobre autoridades omissas durante o 8 de janeiro e que facilitaram a atuação dos golpistas.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Civil realiza operação que investiga atuação de "falso Veterinário" em Sorocaba

Trump cumpre ameaça e publica antes uma entrevista que será exibida na TV no domingo

FSS realiza Curso de Noivos para os 150 casais que participarão do Casamento Comunitário

10º Mutirão de Empregos Sorocaba tem segunda etapa de inscrições aberta

Desfile em comemoração a 7 de setembro terá estudantes e entidades civis e militares

Prefeitura de Sorocaba inicia barreira sanitária nesta sexta-feira, um dia e meio após início do megaferiado em SP