23 de Junho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Pesquisa aponta queda de desinformação sobre fraude eleitoral após Twitter banir Trump

Postado em: 16/01/2021

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

A quantidade de desinformação compartilhada nas redes sociais sobre fraude nas eleições americanas caiu 73% desde que o presidente Donald Trump e seus aliados tiveram suas contas suspensas em várias plataformas, segundo uma pesquisa da empresa de análise Zignal Labs.


Representantes da companhia disseram ao jornal The Washington Post que menções sobre o tema caíram de 2,5 milhões para 688 mil em diversos sites de mídias sociais após Trump ter sido banido pelo Twitter, no dia 8 de janeiro.


O presidente e apoiadores também perderam as contas no Facebook, Instagram, Snapchat, Twitch, Spotify, entre outros. Além deles, foram banidos do Twitter mais de 70 mil contas de apoiadores da teoria conspiratória QAnon.


"Juntas, essas ações provavelmente reduzirão significativamente a quantidade de desinformação online no curto prazo", disse Kate Starbird, pesquisadora de desinformação da Universidade de Washington, ao jornal americano, acrescentando que ainda não é possível saber qual será o efeito no longo prazo.


A Zignal também aponta a diminuição do uso de hashtags, como #FightforTrump, #HoldTheLine e "March for Trump", associadas à invasão do Capitólio (sede do Congresso dos EUA), todas com queda de mais de 95%.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Artista plástico votorantinense cria o maior painel da região na cidade

Comboio de carretas de Aramar vai interditar trecho da rodovia Sorocaba-Iperó nesta noite

Não é porque Trump falou grosso que devemos dar as costas a ele, diz Bolsonaro

Seis oficinas culturais on-line gratuitas do mês de julho estão com inscrições abertas

Bolsonaro chama de "auxílio Modess" projeto vetado por ele de distribuição de absorvente

Reunião define detalhes de ferramenta virtual contra crimes cometidos no trânsito