Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Orçamento de Sorocaba é aprovado em segunda discussão com 422 emendas

Postado em: 27/11/2018

Compartilhe esta notícia:

Cida Muniz

Os vereadores da Câmara Municipal de Sorocaba aprovaram durante a sessão desta terça-feira (27), o orçamento da cidade para o exercício de 2019. Foram aprovadas 422 emendas. Cada vereador tem pouco mais de R$ 1,5 milhão para apresentar em emendas, sendo que a metade é impositiva.

Segundo o presidente da Comissão de Orçamento, vereador Hudson Pessini (MDB), todas as emendas foram analisadas uma a uma, para não ter duplicidade e para que cada parlamentar não ultrapassasse o teto permitido. Pessini também informou que está em contato direto com o Executivo para que as emendas deste ano sejam colocadas em prática até o dia 30 de dezembro.

Os vinte parlamentares apresentaram emendas à peça orçamentária, destinando recursos para saúde, obras, serviços, iluminação, esporte, meio ambiente, cultura, segurança e entidades sociais. Para o orçamento 2019, o teto para emendas impositivas totaliza R$ 30,350 milhões ou R$ 1,517 milhões por vereador. Previsto na Lei Orgânica do Município (Artigo 92-A), o orçamento impositivo obriga a execução orçamentária e financeira de emendas parlamentares no orçamento anual de Sorocaba equivalentes a 1,2% da receita do Município do ano anterior, sendo que metade desse valor deve, obrigatoriamente, ser destinado para a área de saúde.

A votação da redação final do projeto está prevista para 6 de dezembro. Dentro do orçamento de R$ 3,2 bilhões, a Secretaria da Saúde, com R$ 571,1 milhões, apresenta o maior orçamento entre as pastas, seguida pela Secretaria de Educação com R$ 506,4 milhões e, depois, pela Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade com R$ 275,7 milhões. De acordo com o projeto de lei, o montante da receita orçamentária, se desdobra em R$ 2.861.722.670,25 do orçamento fiscal e R$ 427.955.000,00 do orçamento da seguridade social.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mourão diz que reforma administrativa ‘deveria ser mais profunda’

Ação da GCM coíbe “pancadão” em Brigadeiro Tobias na virada do ano

Guedes diz haver quebradeira de empresas no país e defende nova lei de falências

Metade das pessoas que criam metas de Ano-Novo desiste antes do Carnaval, diz pesquisa

“HumanizAção” verifica pontos da cidade e encaminha 35 pessoas em situação de rua para atendimento

Doria mexe em vespeiro ao vir a Sorocaba e criticar gestão de Santas Casas