Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Novo aliado, Jefferson posta foto com arma e pede que Bolsonaro "demita" ministros do STF

Reprodução/Twitter
Postado em: 09/05/2020

Compartilhe esta notícia:

Ranier Bragon, Folhapress

O ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, defendeu na manhã deste sábado (9) que Jair Bolsonaro demita e substitua os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal, apesar de o presidente da República não ter nenhum poder constitucional para tal atitude. Jefferson postou foto segurando o que aparenta ser um fuzil.

"Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos", escreveu o dirigente partidário. Até às 11h deste sábado a foto tinha 3,8 mil curtidas no Twitter.

Ex-aliado de Fernando Collor de Melo e um dos condenados no escândalo do mensalão, Jefferson preside um dos partidos do centrão e passou a defender efusivamente Bolsonaro nos últimos tempos.

O próprio presidente da República chegou a assistir e recomendar uma live em que Jefferson acusava o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de arquitetar um golpe parlamentar.

"Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita. Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO. Se não fizer, cai", escreveu o político do PTB.

Bolsonaro tem se articulado com siglas do centrão, distribuindo cargos a essas legendas em troca de apoio no Congresso.

As declarações de Jefferson somam-se a manifestações antidemocráticas e de pressão sobre o STF que têm sido patrocinadas em Brasília e em outras cidades por apoiadores do presidente –algumas delas contando com a presença e incentivo do próprio presidente da República.

Após delatar o escândalo do mensalão em 2005, em entrevista à Folha, Jefferson teve o mandato de deputado federal cassado e foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal como um dos integrantes do esquema de desvio de di nheiro público que tinha em seu cerne políticos do governo do PT e dirigentes dos partidos que hoje formam o centrão.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

SP: motorista com deficiência pode pedir isenção do IPVA

Gás de cozinha representa 9,4% do salário mínimo e atinge maior média mensal do século

Pazuello diz que Brasil tem 300 milhões de doses de vacinas garantidas

Michelle Bolsonaro publica fotos de lingerie sexy que ganhou de presente

Ministro Marcelo Queiroga visita Sorocaba nesta segunda-feira

Sorocaba totaliza 6.402 casos da Covid-19 e 139 mortes