Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Morte de voluntário da CoronaVac foi causada por sedativos e opioides, dizem laudos

Jovem Pan News
Postado em: 12/11/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

A morte do voluntário que participava dos testes da CoronaVac foi causada por uso excessivo de sedativos, opioides e álcool, encontrados no sangue da vítima, dizem os laudos do Instituto Médico Legal (IML) e Instituto de Criminalista (IC), divulgados na tarde desta quinta-feira, 12. As informações corroboram a tese de que o óbito não teve nenhuma relação com o imunizante que é desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Na segunda-feira, 9, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu os testes com a vacina, em razão da ocorrência de um “evento adverso grave”. O caso foi registrado no boletim de ocorrência como “suicídio consumado”.

“Os laudos periciais dos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) do referido caso foram concluídos e encaminhados à autoridade policial do 93º DP (Jaguaré). Os resultados apontam que a morte se deu em consequência de uma intoxicação exógena por agentes químicos. Foram constatadas a presença de opioides, sedativos e álcool no sangue na vítima”, diz a nota, obtida pela Jovem Pan.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Neymar agride torcedor do Rennes após PSG perder título da Copa da França

GCM detém suspeito de tráfico com drogas na geladeira

Celular substitui cartão unitário como passagem de ônibus em Sorocaba

Hospital Dr. Miguel Soeiro completa 23 anos e anuncia novidades

PM prende homem que tentou estuprar idosa de 72 anos no Além Ponte

Moraes prorroga prisão de Sara Winter por mais 5 dias