Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Morre Marília Mendonça em acidente de avião no interior de Minas Gerais

Foto: Adriano Vizoni/Folhapress
Postado em: 05/11/2021

Compartilhe esta notícia:

Pedro Martins e Lucas Brêda, Folhapress

 

Marília Mendonça, conhecida como a rainha da sofrência e uma das maiores vozes da música brasileira contemporânea, morreu aos 26 anos na tarde desta sexta-feira (5). A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais em nota enviada à imprensa.

 

Marília Mendonça foi uma das vítimas fatais de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, cidade a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A cantora tinha um show marcado para esta noite em Caratinga, a cerca de 12 quilômetros do local do acidente.

 

A assessoria de imprensa de Mendonça havia informado, no momento do acidente, que ela havia sido resgatada com vida. Por volta das 18h, no entanto, confirmou a morte.

 

Também morreram o produtor da cantora, Henrique Ribeiro, e seu tio, Abicieli Silveira Dias Filho, além do piloto e do copiloto da aeronave, que não tiveram seus nomes revelados.

 

Segundo a Globonews, a aeronave que transportava a cantora e sua equipe estava com a documentação em dia, de acordo com a Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil, e o Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

 

Equipes da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e do Samu, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, acompanham o resgate.

 

Por volta das 15h, a cantora havia publicado no Instagram um vídeo comemorando os shows que faria em Minas Gerais durante o fim de semana. A publicação mostra a cantora embarcando e se alimentando dentro da aeronave.

 

Marília Mendonça ficou conhecida como a principal voz do feminejo, uma vertente do sertanejo em que as mulheres são protagonistas, ao lado de Naiara Azevedo, Simone e Simaria e Maiara e Maraísa.

 

Nos últimos anos, Mendonça se tornou uma das cantoras mais ouvidas do país, dona de hits como "Infiel", "Todo Muno Vai Sofrer", "Ciumeira", "Bebi Liguei", "Supera" e "Graveto", entre outros.

 

A cantora começou a carreira há cerca de dez anos, ainda adolescente, como compositora, sendo gravada por gigantes do sertanejo como Jorge e Mateus e Henrique e Juliano.

 

Seu primeiro DVD saiu em 2015, revelando ao Brasil o hit "Infiel", que foi uma das músicas mais ouvidas de 2016. Dali em diante, sua popularidade só cresceu e, no ano seguinte, aos 22 anos, Mendonça se tornou a artista mais ouvida do país.

 

Mendonça cantava a traição e o sofrimento por amor do ponto de vista feminino. "Não ia adiantar passar por um sofrimento, ser traída ou trair, e cantar sobre o príncipe encantado", ela disse ao jornal Folha de S.Paulo em 2017.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo de SP atinge marca de 20,6 milhões de doses da vacina do Butantan entregues ao Brasil

Doria pede que população evite aglomerações no feriado

Livros alvo de investigação são retirados da Arena pela Prefeitura

Flávio Bolsonaro passa feriado em Fernando de Noronha com passagem paga pelo Senado

Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus; contraprova deu positivo

“Isolamento é a opção contra a catástrofe”, diz epidemiologista e coordenador da Fiocruz