20 de Julho de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Moraes mantém prisão de mais 386 investigados por atos golpistas

Foto: Agência Brasil
Postado em: 20/01/2023

Compartilhe esta notícia:

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nessa quinta-feira (19) manter a prisão preventiva de 386 acusados de participarem dos atos antidemocráticos de 8 de janeiro. O ministro também decidiu colocar 115 investigados em liberdade, mediante a adoção de medidas cautelares.

 

 

As informações são da Agência Brasil.

 

 

Até o momento, foi analisada a situação de 1.075 presos. Desses, 740 tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva, por tempo indeterminado, e 335 foram soltos. No total, 1,4 mil pessoas foram presas em Brasília após os atos.

 

 

Os investigados que serão soltos deverão colocar tornozeleira eletrônica, estão proibidos de sair de suas cidades e de usar redes sociais. Além disso, eles terão os passaportes cancelados e os documentos de posse de arma suspensos.

 

 

Após as prisões realizadas em 8 de janeiro, Alexandre de Moraes delegou as audiências de custódia para juízes federais e do Tribunal de Justiça do DF. As informações sobre os presos são centralizadas no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e remetidas ao ministro, a quem cabe decidir sobre a manutenção das prisões.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Corpo de Gugu Liberato chega ao Brasil na quinta e segue para ser velado em SP

Ministro do TSE proíbe PT de apresentar Lula como candidato

Frente de Boulos e torcedores ignoram pico da pandemia e mantêm ato anti-Bolsonaro em SP

Crespo não consegue liminar em Sorocaba e apelará ao Tribunal de Justiça na capital

Transgêneros vão à Comissão de Ética contra vereador pastor Luís Santos

Zona Norte reúne apresentações gratuitas com rock, samba, sertanejo e country