Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Lula chama Bolsonaro de ‘charlatão’ por incentivo à cloroquina e diz que PT vai ‘voltar forte’ em 2022

Jovem Pan News
Postado em: 25/07/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro com relação ao uso da hidroxicloroquina. Diagnosticado com Covid-19 há quase três semanas, o atual chefe do Executivo vem se tratando com o medicamento, mesmo sem comprovação de eficácia científica para o combate da doença. Bolsonaro também incentiva o uso da cloroquina nos pacientes, e chegou a declarar que “tem conversado com médicos renomados que dizem que, na sua experiência e observação, a cloroquina tem dado certo”.

Em uma reunião do Diretório Nacional do PT, Lula chamou o presidente de “charlatão” e pediu que os médicos do país se mobilizem contra a aplicação do remédio. Para ele, as entidades ligadas à medicina não deveriam assistir passivamente à situação. “Isso é um atentado á vida. Isso é um convite à morte, porque não é possível um cara que ‘mal e porcamente’ foi tenente do Exército e foi expulso, queira dar lições de remédio à ciência do mundo inteiro, um remédio que ninguém acredita, mas que ele acredita que é bom”, disse.

Lula minimizou as críticas que são dirigidas ao PT e afirmou que 90% delas ocorrem pelas coisas boas que o partido fez, e não pelas ruins. O petista disse, ainda, que a legenda está mais viva do que nunca, e prometeu que o PT vai chegar forte para a disputa presidencial em 2022. “E aqui aqueles que tem medo do PT saibam que estamos preparando para voltar em 2022 a governar esse País, a começar por ganhar prefeituras importantes.”

Apesar do otimismo do ex-presidente, uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 24, pelo Instituto Paraná Pesquisas mostrou que, num hipotético segundo turno, Bolsonaro seria eleito em todos os cenários. Diante de Fernando Haddad (PT), o presidente venceria por 46,6% contra 32%. Contra Lula, a vitória seria de 45,6% versus 36,4%.

* Com informações do repórter Levy Guimarães

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Agressões violentíssimas”, diz advogado ao pedir investigação de professor

Sorocaba não registra nenhum caso confirmado de coronavírus nas últimas 24h

Prefeitura inicia tratativas para pagamento de indenização de merendeiras que tramita desde 2016

Pfizer: Israel investiga casos de inflamação no coração de vacinados

Prefeitura irá oferecer apoio logístico nas eleições

1400 funcionários do trânsito e transporte foram testados para Covid-19; resultados ainda não saíram